A misericórdia de Deus está além dos nossos pecados

A misericórdia de Deus está além dos nossos pecados

Abra-se ao perdão de Deus para libertar seus relacionamentos do desamor.

A misericórdia de Deus foi o tema que norteou a reflexão de padre Adriano Zandoná durante a homilia da Celebração Eucarística desta segunda-feira, 2, na Catedral Nossa Senhora do Líbano, na capital paulistana. A missa pertence ao Cerco de Jericó intitulado: “Agindo Deus, Quem Impedirá?” (Is 43,13).

Ao meditar a Sagrada Escritura, o sacerdote destacou que, falar sobre a misericórdia divina, é o mesmo que dizer que Deus acolhe, com Sua misericórdia, a miséria do coração da humanidade.

“O que mais nos impede de viver nossa religião com coerência  são duas realidades: a primeira é o comodismo, que pode ser chamado de preguiça (…), e a segunda é uma compreensão equivocada de Deus, porque, muitas vezes, não entendemos quem Ele é, nem o que nos propõe”, explicou o sacerdote.

Padre Adriano Zandoná frisou que muitas pessoas têm buscado nas drogas, em bebidas alcoólicas e em relacionamentos complicados o amor e o carinho que só Deus pode lhes dar.

“O que lhe falta, meu filho, só Deus pode lhe dar! Se você não foi amado do jeito que precisava, se não teve um pai que o compreendeu ou uma mãe, um esposo ou filho [que o compreendesse], Deus sempre o compreenderá. Ele sempre o acolherá do jeito que você é!”, animou o presbítero da Canção Nova.

Durante a homilia o sacerdote também salientou que felicidade é uma construção pessoal que depende muito da maneira como as pessoas lidam com a realidade e com o mundo que as cerca.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo