Espiritualidade Sorrindo pra Vida

Cinco passos para viver bem o deserto espiritual

Confira dicas para viver bem a aridez espiritual

A partir do trecho bíblico de I Reis 19,1-8, Alexandre Oliveira refletiu, durante o programa Sorrindo pra Vida desta segunda-feira, 31, às 8h, sobre a deserto espiritual.

Segundo ele, a aridez espiritual é um momento pelo qual passamos, necessário para o amadurecimento na vida de oração.

Conforme indicou Alexandre, o deserto é um lugar de aridez, solidão, desafio e escuta a Deus. É um tempo fecundo para nossa vida espiritual; no entanto, precisamos vivê-lo bem. Para isso, existem cinco elementos importantes:

1 – Adentrarmos no deserto: consiste em não fugirmos da aridez espiritual e buscarmos viver bem esse momento;
2 – Evitarmos o vitimismo: não ficarmos nos sentindo apenas vítimas;
3 – Recebermos a Eucaristia e termos contato com a Palavra de Deus;
4 – Ouvirmos o conselho de pessoas que nos querem bem;
5  Passarmos por esse momento tendo como meta a santidade, os olhos fixos nos propósitos em Deus.

Medite 1 Reis 19,1-8:

E Acabe fez saber a Jezabel tudo quanto Elias havia feito, e como totalmente matara todos os profetas à espada.
Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias, a dizer-lhe: Assim me façam os deuses, e outro tanto, se de certo amanhã a estas horas não puser a tua vida como a de um deles.
O que vendo ele, se levantou e, para escapar com vida, se foi, e chegando a Berseba, que é de Judá, deixou ali o seu servo.
Ele, porém, foi ao deserto, caminho de um dia, e foi sentar-se debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte, e disse: Já basta, ó Senhor; toma agora a minha vida, pois não sou melhor do que meus pais. E deitou-se, e dormiu debaixo do zimbro; e eis que então um anjo o tocou, e lhe disse: Levanta-te, come.
E olhou, e eis que à sua cabeceira estava um pão cozido sobre as brasas, e uma botija de água; e comeu, e bebeu, e tornou a deitar-se. E o anjo do Senhor tornou segunda vez, e o tocou, e disse: Levanta-te e come, porque te será muito longo o caminho.
Levantou-se, pois, e comeu e bebeu; e com a força daquela comida caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus.

Assista aos programas:
Adquira o Canção Nova Play e assista aos programa da TV Canção Nova na íntegra. Ao adquirir, você ajudará a Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Acesse o site cancaonova.com/play!

Contamos com sua ajuda para que mais pessoas possam ser alcançadas pelo Evangelho. Seja também um sócio evangelizador e ingresse na missão de evangelizar! Acesse aqui!

Transcrição e adaptação: Letícia Barbosa

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo