Espiritualidade Sorrindo pra Vida

Sejamos a luz que aponta para Cristo

Em meio a tanta escuridão que existe no mundo, devemos ser a luz que mostra o caminho até Cristo

No ‘Sorrindo pra Vida’ desta quarta-feira, 10 de maio de 2017, padre Bruno Costa partilhou a Palavra de Deus para nos mostrar os sinais de Cristo e como devemos ser luz apontando para Ele em meio à escuridão.

Evangelho de João 12,44-50:

“Entretanto, Jesus exclamou em voz alta: Aquele que crê em mim, crê não em mim, mas naquele que me enviou; e aquele que me vê, vê aquele que me enviou. Eu vim como luz ao mundo; assim, todo aquele que crer em mim não ficará nas trevas. Se alguém ouve as minhas palavras e não as guarda, eu não o condenarei, porque não vim para condenar o mundo, mas para salvá-lo. Quem me despreza e não recebe as minhas palavras, tem quem o julgue; a palavra que anunciei julgá-lo-á no último dia. Em verdade, não falei por mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, ele mesmo me prescreveu o que devo dizer e o que devo ensinar. E sei que o seu mandamento é vida eterna. Portanto, o que digo, digo-o segundo me falou o Pai.”

A Palavra nos oferece uma nova identificação de Jesus como luz. Nós precisamos ser luz neste mundo de escuridão, e mesmo que nossa luz esteja fraca, temos de recarregá-la. Se somos luz, não importa a nossa intensidade, faremos a diferença na escuridão.

Essa passagem pertence ao Evangelho de João, que é conhecido como livro dos sinais. A transformação da água em vinho, no casamento em Canaã, a cura do filho do funcionário do rei, a cura do paralítico, a multiplicação de pães e peixes, Jesus caminhando sobre o Mar da Galileia e a ressurreição de Lázaro são alguns dos sinais que Jesus realizou e João nos mostra.

Apesar de ter realizado tantos sinais no meio dos judeus, encontramos a incredulidade daquele povo para com Jesus, porque preferiram a glória dos homens do que as glórias de Deus, rejeitaram Cristo para ficar bem com os fariseus. Nós não podemos ter medo de anunciar a nossa fé, temos que querer a glória de Deus, temos que nadar contra a maré e fazer a diferença. Nós fazemos as escolhas e precisamos saber arcar com as consequências.

A luz veio ao mundo, mas preferimos permanecer nas trevas. Nós precisamos escolher a luz e nos decidirmos por ela em nossa vida. Temos de assumir a luz de Cristo.

Escutar Jesus Cristo é chegar à luz e caminhar nela, é ver Deus em Sua pessoa. Quem olha para os atos de Jesus vê a bondade do Pai. Nós, como luz, precisamos estar atentos à Palavra do Senhor. Nós não temos dimensão do poder da Palavra, e como diz o Papa Francisco, precisamos ser o quinto evangelho vivo, mas para isso temos de ser fidedignos à Palavra de Deus.

A nossa vida é uma prática da Palavra, é colocarmos nossa vontade na vontade de Deus e arcar com as consequências de tomar a nossa cruz e renunciar a nós mesmos, tudo isso com a alegria do Evangelho. Precisamos transmitir a Palavra com fidelidade, sem medo de anunciar Jesus. Sejamos luz para que todos os que nos virem enxerguem o Cristo.

Padre Bruno Costa
Missionário da Comunidade Canção Nova

Transcrição e adaptação: João Paulo dos Santos

Assista aos programas:
Adquira o Canção Nova Play e assista aos programa da TV Canção Nova na íntegra. Ao adquirir, você ajudará a Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Acesse o site cancaonova.com/play!

Contamos com sua ajuda para que mais pessoas possam ser alcançadas pelo Evangelho. Seja também um sócio evangelizador e ingresse na missão de evangelizar! Acesse aqui!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo