Espiritualidade Sorrindo pra Vida

A espiritualidade do coração de Jesus

A espiritualidade do coração de Jesus é aquele que foi ferido e aberto para nos curar por amor e estar sempre pronto para nós

No ‘Sorrindo pra Vida’ desta sexta-feira, 5 de maio de 2017, Márcio Mendes partilhou a Palavra de Deus para nos mostrar que a espiritualidade do coração transpassado de Jesus é a do amor que nos cura.

Leia o Evangelho de João 19,31-37:

“Os judeus temeram que os corpos ficassem na cruz durante o sábado, porque já era a Preparação e esse sábado era particularmente solene. Rogaram a Pilatos que se lhes quebrassem as pernas e fossem retirados. Vieram os soldados e quebraram as pernas do primeiro e do outro, que com ele foram crucificados. Chegando, porém, a Jesus, como o vissem já morto, não lhe quebraram as pernas, mas um dos soldados abriu-lhe o lado com uma lança e, imediatamente, saiu sangue e água. O que foi testemunha desse fato o atesta (e o seu testemunho é digno de fé, e ele sabe que diz a verdade), a fim de que vós creiais. Assim se cumpriu a Escritura: Nenhum dos seus ossos será quebrado (Ex 12,46). E diz em outra parte a Escritura: Olharão para aquele que transpassaram (Zc 12,10).”

Nós começamos com uma declaração do Papa, na qual ele diz que Deus é capaz de transformar os corações de pedra, mas para o transformar foi preciso o jorro de sangue e água que saiu do coração de Jesus. A espiritualidade do coração de Cristo é do amor que cura; e mesmo que os estragos tenham sido grandes e demorados, ele pode ser curado com muito amor e paciência.

A vida é curada com amor, e não é o tempo que cura as feridas, mas o amor que colocamos naquilo que fazemos em nossa vida. Temos de amar com ardor e paciência, porque nós esgotamos as pessoas, vamos perdendo-as, e quando tentamos reconquistá-las, não podemos esperar uma resposta imediata, temos de amar sem colocar data.

O amor que jorra de Jesus é capaz de restaurar, é a certeza de que não há pecado que não possa ser perdoado, e se recebemos o perdão de todos os nossos pecados por Cristo não tem motivos para que não perdoemos os pecados dos nossos irmãos. O caminho da vida é perdoar para viver bem e feliz.

O que Jesus fez na cruz Ele já tinha feito em palavras, a promessa do amor e esse convite a nós de ir a Ele. Mesmo que estejamos sem rumo e perturbados, n’Ele nos aliviaremos e encontraremos paz em nosso coração. Temos que nos aconchegar ao coração de Jesus, e temos essa possibilidade, todos os dias, na Eucaristia, pela graça do batismo.

Pelo batismo, recebemos o perdão dos nossos pecados, todos aqueles que cometemos e que ainda cometeremos. Se nos arrependermos, já temos a certeza de que seremos perdoados. Isso tudo, porque Deus nos ama tanto, que faz tudo o que não seja mal para que estejamos com Ele. Nós podemos até fechar o nosso coração, mas aquela lança garantiu que o coração de Jesus permanecesse sempre aberto a nós.

Quando estamos sofrendo, seja pelos acidentes da vida ou pelos pecados que cometemos, Deus continua ao nosso lado e nos ajuda, o coração d’Ele se revolve em compaixão por nós. Deus não cede à cólera de nos deixar abandonados em pecado, mas segue buscando o nosso coração. O Senhor nunca nos abandonou, e assim que nos arrependermos, ele nos chamará para junto d’Ele. Precisamos ir até o Senhor e deixar o nosso coração ser invadido pelo Amor que cura.

Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

Transcrição e adaptação: João Paulo dos Santos

Assista aos programas:
Adquira o Canção Nova Play e assista aos programa da TV Canção Nova na íntegra. Ao adquirir, você ajudará a Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Acesse o site cancaonova.com/play!

Contamos com sua ajuda para que mais pessoas possam ser alcançadas pelo Evangelho. Seja também um sócio evangelizador e ingresse na missão de evangelizar! Acesse aqui!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo