Espiritualidade Sorrindo pra Vida

Como recomeçar a vida em Deus?

Saiba como recomeçar a vida em Deus

Baseado em dois trechos bíblicos, 2 Samuel 12,13 e I João 1,8-10, padre João Marcos Polak orientou sobre as maneiras de recomeçar a vida em Deus.

Na meditação que ocorreu no programa ‘Sorrindo pra Vida’ desta terça-feira, 13, às 8h, o sacerdote explicou que, quando reconhecemos nossas limitações, somos acolhidos no abraço do Pai. Para isso, é preciso reconhecer o erro.

“A grandeza de um homem de Deus é reconhecer seu erro. Quando erramos, começamos a caminhar por outros caminhos, mas quando reconhecemos nosso erro, voltamos para o caminho do Senhor. O encontro com a misericórdia de Deus restitui o homem novo”, disse o sacerdote.

Padre João Marcos ainda alertou que existe uma maneira de não ser perdoado, que consiste na rejeição do amor de Deus.

Quando nos encontramos com a misericórdia do Senhor, surge um desejo de vida nova, de reconstruir a nossa história. O segredo é reconhecer que somos pecadores. Na confissão, pedimos perdão a Jesus. Ele tem o desejo de resgatar cada um de nós”, salientou o padre.

Adquira o programa!
Ao adquirir o programa desta terça-feira, 13, na íntegra, você ajudará a TV Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Clique aqui!

Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Saiba mais sobre esse assunto e tenha também acesso a todos os programas da emissora! Acesse o site cancaonova.com/play!

Medite 2 Samuel 12,13:

“Então disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor. E disse Natã a Davi: Também o Senhor perdoou o teu pecado; não morrerás.”

Reflita I João 1,8-10:

“Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.
Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.”

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo