Espiritualidade Sorrindo pra Vida

Ancoremo-nos em Deus nas grandes tempestades

Em meio às grandes tempestades, temos de nos ancorar e segurar no nosso porto seguro

No programa ‘Sorrindo pra Vida’ desta terça-feira, 20 de junho de 2017, Márcio Mendes partilhou a Palavra de Deus para nos pedir que nos ancoremos em Deus nas grandes tempestades.

Leia a Palavra de II Timóteo 1,7-14:

“Pois Deus não nos deu um espírito de timidez, mas de fortaleza, de amor e de sabedoria. Não te envergonhes, portanto, do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, seu prisioneiro, mas sofre comigo pelo Evangelho, fortificado pelo poder de Deus. Deus nos salvou e chamou para a santidade, não em atenção às nossas obras, mas em virtude do seu desígnio, da graça que desde a eternidade nos destinou em Cristo Jesus, e agora nos manifestou mediante a aparição de nosso Salvador Jesus Cristo, que destruiu a morte e suscitou a vida e a imortalidade, pelo Evangelho, do qual fui constituído pregador, apóstolo e mestre entre os gentios.
É este o motivo por que estou sofrendo assim. Mas não me queixo, não. Sei em quem pus minha confiança, e estou certo de que é assaz poderoso para guardar meu depósito até aquele dia. Toma por modelo os ensinamentos salutares que recebeste de mim sobre a fé e o amor a Jesus Cristo. Guarda o precioso depósito, pela virtude do Espírito Santo que habita em nós.”

Mesmo já tendo as coisas boas e o bem que Deus tinha reservado a Paulo e a Timóteo, eles dizem que nada é possível sem a graça de Deus. Paulo encoraja Timóteo a seguir em frente, assim como quer nos encorajar hoje.

Deus não deu a nós um espírito de covardia, mas de força, amor e moderação. Por isso, não temos porque nos envergonhar do que é certo, do que é bom e é de Deus. Temos de nos sustentar na força d’Ele, pois essa é a única maneira de passarmos pelos sofrimentos da vida.

Há sofrimentos que vêm arrasando e vão embora; outros vem devagar, são discretos, mas persistentes. Ambos são difíceis de lidar, e só vamos conseguir enfrentá-los pela força de Deus. Em meio às tempestades, apenas podemos colocar a nossa vida no rumo e segurarmos, e o nosso rumo é o de Deus.

Na hora da dor e do sofrimento, a nossa razão não pode nos ajudar. Quando estamos profundamente machucados e magoados, não conseguimos raciocinar direito, por isso temos de pôr o coração escorado no Senhor e permanecer ali. Não importam os ventos, raios nem as tempestades, temos de estar ancorados em Cristo.

Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

Transcrição e adaptação: João Paulo dos Santos

Assista aos programas:
Adquira o Canção Nova Play e assista aos programa da TV Canção Nova na íntegra. Ao adquirir, você ajudará a Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Acesse o site cancaonova.com/play!

Contamos com sua ajuda para que mais pessoas possam ser alcançadas pelo Evangelho. Seja também um sócio evangelizador e ingresse na missão de evangelizar! Acesse aqui!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo