Espiritualidade Sorrindo pra Vida

A confissão dos pecados é um instrumento de libertação

A confissão dos pecados nos liberta da ação do demônio

Baseado no trecho bíblico de Salmo 32,1-10, Márcio Mendes falou sobre a importância do perdão no programa ‘Sorrindo pra Vida’. A reflexão aconteceu, na manhã desta terça-feira, 11, às 8h.

O missionário explicou que o sofrimento é ainda maior quando estamos afastados de Deus. Por isso, precisamos aceitar o perdão d’Ele, pois, diariamente, temos motivos para pedir perdão a Deus.

Com o passar do tempo, se não confessarmos nosso pecado, nós vamos nos sentir em dívida com ele, culpados; é até difícil achar onde está a raiz do sentimento.

Muitas vezes, construímos a vida de um jeito que desagrada a Deus, pois nos desvirtuamos da verdade.

Segundo Márcio, se quisermos um coração leve, despreocupado e em paz, precisamos aceitar o perdão de Deus.

O missionário ainda orientou que a confissão dos pecados é um instrumento poderoso de libertação. O demônio não tem poder nenhum contra uma confissão bem feita.

.:Confissão: Por que me confessar?
.:Como posso me preparar para uma boa confissão?
.:Confissão, o sacramento do perdão
.:Efeitos espirituais do sacramento da confissão

Acompanhe Salmo 32,1-10:

“Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.
Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.
Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia.
Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. (Selá.)
Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. (Selá.)
Por isso, todo aquele que é santo orará a ti, a tempo de te poder achar; até no transbordar de muitas águas, estas não lhe chegarão.
Tu és o lugar em que me escondo; tu me preservas da angústia; tu me cinges de alegres cantos de livramento. (Selá.)
Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.
Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio para que não se cheguem a ti.
O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no Senhor a misericórdia o cercará.”

Assista aos programas:
Adquira o Canção Nova Play e assista aos programa da TV Canção Nova na íntegra. Ao adquirir, você ajudará a Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Acesse o site cancaonova.com/play!

Contamos com sua ajuda para que mais pessoas possam ser alcançadas pelo Evangelho. Seja também um sócio evangelizador e ingresse na missão de evangelizar! Acesse aqui!

Transcrição e adaptação: Letícia Barbosa

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo