Espiritualidade Revolução Jesus

Santidade sem hipocrisia

Programa fala sobre a busca da santidade pela juventude de hoje

Ser jovem sem deixar os princípios cristãos de lado é uma missão cada vez mais desafiadora neste mundo hedonista, cheio de vícios e tentações. Lutar pela santificação própria e pela dos que estão à nosssa volta é uma atitude que deve estar presente em nossa rotina. Mas, afinal, o que é ser santo? Quais escolhas fazer para viver a santidade? Como ser santo sem deixar de ser jovem? Essas perguntas serão refletidas durante o programa “Revolução Jesus” desta quinta-feira, 29, que traz o tema: “Santidade sem hipocrisia”, a partir das 22h30, na TV Canção Nova.

Para debater sobre o assunto, Adriano Gonçalves e Magda Ishikawa recebem Ricardo Sá, escritor, músico, apresentador e membro da Comunidade Canção Nova, e a cantora católica Suely Façanha, missionária da Comunidade Shalom, que vão partilhar um pouco da experiência que vivem em busca da santidade.

Participação Revolução Jesus 29-05

Ricardo Sá e Suely Façanha, participantes do programa. (Foto: Arquivo CN)

“Qualquer pessoa pergunta: Quem sou eu e para que estou aqui, como me realizo? A fé responde: Só na SANTIDADE o ser humano se torna aquilo para que Deus o criou. Só na santidade o ser humano chega à verdadeira harmonia consigo mesmo e com o Criador. A santidade não é, todavia, uma perfeição de “fábrica”; ela atinge-se por união com o Amor encarnado, que é Cristo. Quem, deste modo, atinge uma Vida nova, torna-se e descobre-se santo” ( Trecho do YouCat, parágrafo 342).

Muitas dicas, testemunhos e música farão parte do programa juvenil com o objetivo de levar conhecimento, momentos de fé, esperança e incentivo, para que a juventude possa ter um encontro com Deus e espalhar a Boa Nova.

“A vida está aí, cada vez mais desafiando nossa fé e a santidade para a qual fomos chamados. Tope essa parada!”, convida Ricardo Sá.

TV ao vivo

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo