Espiritualidade Revolução Jesus

Por que não fazer justiça com as próprias mãos?

“Revolução Jesus” aborda os motivos pelos quais os cristãos não devem fazer justiça com as “próprias mãos”.

Letícia Barbosa
Da Redação

A quinta-feira chegou e junto com ela também chegou o dia de exibição do programa “Revolução Jesus”. Como acontece toda semana, um tema diferente é abordado e na edição de hoje, 20, os apresentadores Adriano Gonçalves e Fernanda Soares falarão sobre a justiça pelas “próprias mãos”. Para discursar o assunto, o programa vai receber especialistas na área de direito, psicologia e comunicação social. Entre os convidados estão o advogado Lúcio José Rangel, a psicóloga Bruna Mara Freitas e a jornalista Viviane Sorbile. O bate papo acontecerá a partir das 22h30 ao som da banda Olhos Eternos.

Popularmente, o termo “justiça com as próprias mãos” faz alusão à vingança, atitude esta que é contrária aos ensinamentos deixados por Cristo.

Todo cristão é chamado a viver o amor tendo como realização pessoal a prática do mesmo. As Sagradas Escrituras são bem claras quanto ao assunto:

“Amai vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, orai pelos que vos maltratam e perseguem. Se amais somente os que vos amam, que recompensa tereis? Não fazem assim os próprios publicanos? Se saudais apenas vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não fazem isto também os pagãos? Portanto, sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito”. (Mt 5, 44.46-48)

Justiça com as próprias mãos

Foto: Arquivo CN

Mas o que a Igreja e a legislação dizem sobre isso? Por que muitas vezes o ser humano se sente injustiçado e sente vontade de se vingar? Saiba isso e tudo mais na edição do programa Revolução Jesus de hoje!

:: Aprofunde nesse assunto. Clique aqui.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo