Aprofunde seus estudos sobre a santidade

Aprofunde seus estudos sobre a santidade

Neste mês de janeiro, a TV Canção Nova exibiu, aos sábados, às 19h, o programa ‘Oitavo Dia’, apresentado por padre Paulo Ricardo juntamente com a jornalista Lídice Lannes. Para que você possa acompanhar, na íntegra, a sequência dos estudos realizados neste mês, selecionamos todos os programas de janeiro que seguirão ao longo da matéria.

Com o intuito de aprofundar seus conhecimentos sobre os feitos de Deus e ajudar na compreensão da Doutrina da Igreja Católica, o ‘Oitavo Dia’, deste mês, falou sobre ‘santidade’. Sobre o assunto, padre Paulo Ricardo abordou outros temas, e um deles foi as ‘santas virgens’.

O sacerdote afirmou que, dentro do catálogo dos santos, a Igreja reconhece apenas as santas virgens, ou seja, apenas do sexo feminino. Segundo ele, o corpo da mulher é o único que se pode fisicamente comprovar a virgindade.

“Os homens podem e devem ser castos, mas existe uma característica no corpo feminino que afirma que só as mulheres são virgens. Existe uma presença física que atesta a virgindade feminina. Já o homem não possui essa caraterística, sinal da virgindade. A Igreja sempre venerou a realidade da mulher que se preserva. A virgindade é Deus dizendo que este santuário não foi violado, esta pureza está no corpo, mas deve estar muito mais no coração”, diz o padre.

Padre Paulo ainda destacou que o corpo feminino tem uma espécie de valência ‘sacramental’. Para ele, o corpo da mulher é uma espécie de ‘sacramental’ de Nossa Senhora.

“Maria é virgem, essa é a primeira vocação que todas as mulheres têm por um certo período de tempo; o segundo chamado é ser é esposa; depois, ser mãe e, até podemos acrescentar, a vocação de ser viúva”, fala o padre.

Ao longo do segundo programa, o sacerdote referiu-se a Santa Teresinha do Menino Jesus, uma santa virgem que se entregou inteiramente a Deus. Segundo ele, aos catorze anos, a menina estava decidida a entrar para o carmelo e, diante desse desejo, foi a Roma e falou com o Papa, quebrando o protocolo, pois, na época, as pessoas não tinham permissão para falar com o Pontífice. Depois de entrar para o carmelo, a menina morreu aos 24 anos devido a uma tuberculose.

“Nessa entrega ao esposo Jesus, podemos enxergar a alma esponsal de Santa Teresinha. A maneira que ela fala de Jesus era com grande paixão” , diz o sacerdote.

No terceiro programa, Padre Paulo se refere aos santos brasileiros. Segundo ele, o único santo que nasceu no país foi Santo Antônio de Santana Galvão, na região do Vale do Paraíba. Entretanto, existem dezenas de outros santos que nasceram em outros lugares, mas viveram a maior parte de sua vida no Brasil e ainda foram canonizados em terras brasileiras.

“Santo Antônio de Santana Galvão foi um grande evangelizador. O frei franciscano atuou no eixo entre a cidade de São Paulo e o município do Rio de Janeiro. Em especial, o santo teve uma presença forte em São Paulo, onde fundou uma comunidade franciscana. Era um homem de milagre, não apenas um virtuoso; ainda vivo, foi instrumento de cura”, destaca o sacerdote.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo