Espiritualidade Mulheres de Fé

O dom de ser feminina

Letícia Barbosa
Da Redação

No dia 8 de março comemora-se o Dia Internacional da Mulher, data instituída a partir de um período na história marcado pelo destaque que a mulher ganhou na sociedade, depois de séculos de muita luta, fé e perseverança.

O Beato João Paulo II, na Carta às Mulheres, ressaltou a importância do ser feminino, afirmando que nele está presente o evento salvífico, que decide a plenitude dos tempos; evento que se realiza na mulher e por intermédio da mulher. No documento o beato polonês também exorta a sociedade ao destacar que ainda há muito a se fazer para que a mulher não seja vítima de discriminação.

“Urge conseguir onde quer que seja a igualdade efetiva dos direitos da pessoa e, portanto, idêntica retribuição salarial por categoria de trabalho, tutela da mãe-trabalhadora, justa promoção na carreira, igualdade entre cônjuges no direito de família, o reconhecimento de tudo quanto está ligado aos direitos e aos deveres do cidadão num regime democrático”, reiterou o beato.

Mulher

Algumas mulheres da Bíblia:

No livro de Juízes conta-se a história de Débora, esposa de Lapidot, que era profetisa e juíza em Israel. Temente a Deus, ela foi uma líder militar, pois traçou metas levando seu povo à vitória na guerra.

Também no Antigo Testamento, encontramos a história de Rute, uma mulher que nos ensina o valor de cultivar a verdadeira amizade. Com a morte do esposo, filho de Noemi, Rute recusa-se a deixar a sogra, que também perdera o marido e era sozinha. Para sustentar a si mesma e à sogra, ela trabalhava no campo, sendo responsável, amiga, trabalhadora, forte, destemida e doce.

Há também a rainha Ester, uma das figuras mais importantes para o povo de Israel. Era órfã, educada por parentes, casou-se com rei Assuero. Ela era judia, mas o rei não sabia disso ao desposá-la, pois ele era pagão. Ao descobrir um plano contra seu povo, para reverter a situação, ela jejuou durante três dias. Ao término desse período, ela revelou ao rei sua origem e conseguiu salvar seu povo.

E a mais importante mulher entre todas as mulheres: a Santíssima Virgem Maria, a Mãe de Jesus. Ela que é nosso maior exemplo de santidade, pureza, humildade e disponibilidade em servir. Nossa Senhora confiou, sem hesitar, nos planos de Deus. Doou a vida por inteiro a Deus, tornando-se o canal da salvação para a humanidade ao carregar Jesus em seu ventre.

Programa especial voltado para a mulher:

A TV Canção Nova exibe todos os sábados, às 18h30, de um programa especial chamado “Mulheres de Fé“. Apresentado por padre Alexandre Paciolli, a atração leva ao telespectador momentos de intimidade com Deus por intermédio da oração, formação humana e espiritual e testemunhos de mulheres que deram seu “sim” a Jesus e alcançaram grandes graças e milagres.

As reflexões do sacerdote sobre os testemunhos são feitas à luz da Palavra de Deus, com base em passagens bíblicas referentes ao assunto, apresentadas de forma dinâmica, com atividades comuns, ambientadas nas mais belas paisagens do Brasil.

O programa é baseado no testemunho de mulheres fortes que, com muita fé, perseverança e confiança, conseguiram superar momentos difíceis de suas vidas e, hoje, atuam na sociedade, promovendo o bem nas diferentes áreas em que atuam: em casa, no trabalho, na Igreja, na comunidade e na família. Em “Mulheres de Fé” é possível perceber que a fé em Deus é o único caminho para superarmos todos os desafios da vida.

:: Amor e generosidade: atitudes de fé

:: Ouvir somente a voz de Deus

:: Doação, amor e fidelidade

Veja também matérias especiais relacionadas às mulheres:

:: O feminismo e a luta dos sexos

:: Você sabe  o que é feminismo?

:: Mulher e a moral cristã

:: Mulher, sinal de amor e vida

:: Mulher, o socorro de Deus para o homem

:: Homem e mulher, diferenças que se completam

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo