Entretenimento Especiais

Conheça a história do camarim da TV Canção Nova

Veja como aconteceu a criação do camarim da TVCN, seus desafios e desenvolvimento

Letícia Barbosa
Da Redação

Conheça a história do camarim da TV com as cabeleireiras Flávia Fraga e Margarete Souza que participaram ativamente no desenvolvimento e evolução do local. Flávia foi a responsável por dar início ao camarim. Atualmente Margarete, é a responsável pelo local.

O camarim surgiu no dia 02 de agosto de 2004 quando Flávia foi contratada pela superintendente da TV, Paula Guimarães, que na época era responsável pela Central de Jornalismo. Quando contratada, a cabeleireira já tinha dez anos de profissão.

O espaço físico do camarim era no prédio da Central de Jornalismo onde havia apenas um guarda-roupa, um secador, um espelho, algumas escovas e uma tábua de passar roupa. Flávia contou que no início usava seus equipamentos próprios para trabalhar. A medida que o lugar foi se estruturando, substituiu-se por novos instrumentos.

Sobre a rotina, a cabeleireira disse ser bem agitada. Essa grande movimentação reflete nos equipamentos, pois, segundo ela, os instrumentos tem uma duração pequena ficando de 04 a 06 horas em uso.

Apesar dos anos de experiência, Flávia se deparou com um grande desafio, pois a ela foi dada a missão de começar os primeiros trabalhos com os apresentadores da emissora. Uma das dificuldades enfrentadas, segundo Flávia, era conscientizar as pessoas que deveriam se arrumar antes de apresentar os programas.

“Lavávamos os cabelos das pessoas no tanque e depois subíamos três lances de escada, pois o camarim era no terceiro andar. Dividíamos o tanque com a moça da limpeza. Era um aperto. No calor, eram seis mulheres em uma sala minúscula. Mas foi muito bom. Porém, um trabalho muito difícil no começo”, explicou a entrevistada.

camarim canção nova

Foto do antigo local onde era o camarim (Foto: Letícia Barbosa)

Ela também relatou que durante um ano ficou sozinha. Logo depois, entrou para a equipe Adriana, Célia, Sandra. Com a contratação de Sandra que tinha deficiência auditiva, Flávia se deparou com outro desafio: a comunicação. Mas, segundo ela, mesmo com as dificuldades Sandra conseguiu superar e realizar um ótimo trabalho. A equipe foi crescendo até chegar à atual que é composta por: Margarete, Débora, Samara e Ana Lídia.

Ao lembrar de toda a evolução do camarim tanto na estrutura quanto na equipe, ela sente-se satisfeita e realizada.

“Vejo como uma vitória, uma missão cumprida. Acho deus me escolheu para começar apenas, dando o primeiro passo. Sinto-me muito feliz e realizada por ter feito parte dessa história. Eu na minha miséria fui escolhida”, disse a Flávia.

camarimcancaonova

Atual Camarim (Foto: Letícia Barbosa)

Mas não só a estrutura física do local se transforma. A equipe que ali se encontra sempre se atualiza em relação as novidades da profissão. Uma delas é a alteração no processo ede maquiagem devido a digitalização da TV. A responsável do camarim, Margarete contou que de forma gradual sua equipe tem se preparado para esta nova fase.

“Estamos estudando, buscando conhecimento para quando a maquiagem digital estarmos alinhados oferecendo um trabalho de melhor qualidade”

Margarete também disse acreditar que seu trabalho ajuda na evangelização a medida que faz com que aquele que sai do camarim sinta-se bem. E com esse sentimento ele possa levar Cristo a todos.

Ouça o áudio na íntegra:

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo