Jornalismo Documentários

Documentário especial do Ano da Misericórdia

Documentário ‘Vai tu e faze o mesmo’ é especial do Ano Jubilar da Misericórdia produzido pela TV Canção Nova

O Ano da Misericórdia foi encerrado no domingo, 20 de novembro, mas a misericórdia de Deus não tem fim. Pensando nisso, a TV Canção Nova preparou um documentário especial sobre esse Ano Jubilar.

Com nome de ‘Vai tu e faze o mesmo’, a gravação foi dirigida pela diretora artística da TV Canção Nova, Cristiane Henrique. O documentário é inspirado nas obras de misericórdia e na frase do Papa Francisco: “É tempo de amar, é tempo de perdoar, povo de Deus, é tempo de misericórdia!”.

Cristiane começa definindo a misericórdia como a “compaixão que o coração experimenta pela miséria alheia” e diz que a virtude da misericórdia ultrapassa a realidade da justiça. Entre os locais de gravação que visitou para mostrar as obras na prática está a Fazenda da Esperança em Guaratinguetá (SP).

O Fundador da Fazenda da Esperança Frei Hans Stapel  e recuperandos contam seu testemunho com Deus na Fazenda.  Segundo padre Christian Heim, o céu ficou em festa quando o filho pródigo voltou para o Pai. Imagine, então, quantas vezes o céu faz festa pelas pessoas que chegam na Fazenda da Esperança!

O documentário também mostra realidades como a da Cooperativa São Vicente, que dá emprego às pessoas necessitadas em prol do meio ambiente. Outra realidade destacada no documentário é a dos presídios, onde há um trabalho dos funcionários do local, cujo objetivo é levar a misericórdia de Deus àqueles que estão à margem da sociedade. “A virtude da misericórdia ultrapassa a realidade da justiça”, reflete Cristiane Henrique, diretora do documentário.

Confira o documentário na íntegra:

Leia mais:
.:Homilia do Papa Francisco no encerramento do Ano da Misericórdia

.:Reveja todas as Catequeses do Papa Francisco no Ano da Misericórdia
.:Padre orienta como viver a misericórdia a partir do Ano Santo
.:Papa: que Maria ajude a frutificar dons do Ano da Misericórdia

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo