Espiritualidade A Bíblia no meu Dia a Dia

A Bíblia no meu dia a dia - Mateus 22,1-22 - 16/02/2017

Faça o estudo da Palavra de Mateus 22,1-22

Quinta-feira, 16 de fevereiro, foi refletida no programa ‘A Bíblia no meu dia a dia’ a Palavra de Mateus 22,1-22 por Nelsinho Corrêa.

Confira o vídeo abaixo:

Adquira o programa!
Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Acesse cancaonova.com/play!

Ajuda a Canção Nova na missão de evangelizar e transmitir a Boa Nova aos lares de pessoas do mundo inteiro! Seja um sócio evangelizador e ingresse nessa missão também!

Faça a reflexão da Palavra de Mateus 22,1-22:

1.Jesus tornou a falar-lhes por meio de parábolas:

2.O Reino dos céus é comparado a um rei que celebrava as bodas do seu filho.

3.Enviou seus servos para chamar os convidados, mas eles não quiseram vir.

4.Enviou outros ainda, dizendo-lhes: Dizei aos convidados que já está preparado o meu banquete; meus bois e meus animais cevados estão mortos, tudo está preparado. Vinde às bodas!

5.Mas, sem se importarem com aquele convite, foram-se, um a seu campo e outro para seu negócio.

6.Outros lançaram mãos de seus servos, insultaram-nos e os mataram.

7.O rei soube e indignou-se em extremo. Enviou suas tropas, matou aqueles assassinos e incendiou-lhes a cidade.

8.Disse depois a seus servos: O festim está pronto, mas os convidados não foram dignos.

9.Ide às encruzilhadas e convidai para as bodas todos quantos achardes.

10.Espalharam-se eles pelos caminhos e reuniram todos quantos acharam, maus e bons, de modo que a sala do banquete ficou repleta de convidados.

11.O rei entrou para vê-los e viu ali um homem que não trazia a veste nupcial.

12.Perguntou-lhe: Meu amigo, como entraste aqui, sem a veste nupcial? O homem não proferiu palavra alguma.

13.Disse então o rei aos servos: Amarrai-lhe os pés e as mãos e lançai-o nas trevas exteriores. Ali haverá choro e ranger de dentes.

14.Porque muitos são os chamados, e poucos os escolhidos.

15.Reuniram-se então os fariseus para deliberar entre si sobre a maneira de surpreender Jesus nas suas próprias palavras.

16.Enviaram seus discípulos com os herodianos, que lhe disseram: Mestre, sabemos que és verdadeiro e ensinas o caminho de Deus em toda a verdade, sem te preocupares com ninguém, porque não olhas para a aparência dos homens.

17.Dize-nos, pois, o que te parece: É permitido ou não pagar o imposto a César?

18.Jesus, percebendo a sua malícia, respondeu: Por que me tentais, hipócritas?

19.Mostrai-me a moeda com que se paga o imposto! Apresentaram-lhe um denário.

20.Perguntou Jesus: De quem é esta imagem e esta inscrição?

21.De César, responderam-lhe. Disse-lhes então Jesus: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

22.Esta resposta encheu-os de admiração e, deixando-o, retiraram-se.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo