Espiritualidade A Bíblia no meu Dia a Dia

A Bíblia no meu dia a dia - Mateus 14,22-36 - 27/01/2017

Faça o estudo da Palavra de Mateus 14,22-36

Sexta-feira, 27 de janeiro, foi refletida no programa ‘A Bíblia no meu dia a dia’ a Palavra de Mateus 14,22-36, por Nelsinho Corrêa.

Confira o vídeo abaixo:

Adquira o programa!
Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Acesse cancaonova.com/play!

Ajuda a Canção Nova na missão de evangelizar e transmitir a Boa Nova aos lares de pessoas do mundo inteiro! Seja um sócio evangelizador e ingresse nessa missão também!

Faça a reflexão da Palavra de Mateus 14,22-36:

22.Logo depois, Jesus obrigou seus discípulos a entrar na barca e a passar antes dele para a outra margem, enquanto ele despedia a multidão.

23.Feito isso, subiu à montanha para orar na solidão. E, chegando a noite, estava lá sozinho.

24.Entretanto, já a boa distância da margem, a barca era agitada pelas ondas, pois o vento era contrário.

25.Pela quarta vigília da noite, Jesus veio a eles, caminhando sobre o mar.

26.Quando os discípulos o perceberam caminhando sobre as águas, ficaram com medo: É um fantasma! disseram eles, soltando gritos de terror.

27.Mas Jesus logo lhes disse: Tranqüilizai-vos, sou eu. Não tenhais medo!

28.Pedro tomou a palavra e falou: Senhor, se és tu, manda-me ir sobre as águas até junto de ti!

29.Ele disse-lhe: Vem! Pedro saiu da barca e caminhava sobre as águas ao encontro de Jesus.

30.Mas, redobrando a violência do vento, teve medo e, começando a afundar, gritou: Senhor, salva-me!

31.No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: Homem de pouca fé, por que duvidaste?

32.Apenas tinham subido para a barca, o vento cessou.

33.Então aqueles que estavam na barca prostraram-se diante dele e disseram: Tu és verdadeiramente o Filho de Deus.

34.E, tendo atravessado, chegaram a Genesaré.

35.As pessoas do lugar o reconheceram e mandaram anunciar por todos os arredores. Apresentaram-lhe, então, todos os doentes,

36.rogando-lhe que ao menos deixasse tocar na orla de sua veste. E, todos aqueles que nele tocaram, foram curados.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo