Espiritualidade A Bíblia no meu Dia a Dia

A Bíblia no meu dia a dia - Lucas 12,1-34 - 13/09/2016

Faça o estudo da Palavra de Lucas 12,1-34

Nesta terça-feira, 13 de setembro, foi refletida, pela missionária Vera Lúcia Reis, a Palavra de Lucas 12, 1-34 no programa ‘A Bíblia no meu dia a dia’.

confira o vídeo abaixo:

Adquira o programa!
Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Acesse cancaonova.com/play!

Ajuda a Canção Nova na missão de evangelizar e transmitir a Boa Nova aos lares de pessoas do mundo inteiro! Seja um sócio evangelizador e ingresse nessa missão também!

Faça o estudo da Palavra de Lucas 12,1-34

1.Enquanto isso, os homens se tinham reunido aos milhares em torno de Jesus, de modo que se atropelavam uns aos outros. Jesus começou a dizer a seus discípulos: Guardai-vos do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia.

2.Porque não há nada oculto que não venha a descobrir-se, e nada há escondido que não venha a ser conhecido.

3.Pois o que dissestes às escuras será dito à luz; e o que falastes ao ouvido, nos quartos, será publicado de cima dos telhados.

4.Digo-vos a vós, meus amigos: não tenhais medo daqueles que matam o corpo e depois disto nada mais podem fazer.

5.Mostrar-vos-ei a quem deveis temer: temei àquele que, depois de matar, tem poder de lançar no inferno; sim, eu vo-lo digo: temei a este.

6.Não se vendem cinco pardais por dois asses? E, entretanto, nem um só deles passa despercebido diante de Deus.

7.Até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais, pois. Mais valor tendes vós do que numerosos pardais.

8.Digo-vos: todo o que me reconhecer diante dos homens, também o Filho do Homem o reconhecerá diante dos anjos de Deus;

9.mas quem me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus.

10.Todo aquele que tiver falado contra o Filho do Homem obterá perdão, mas aquele que tiver blasfemado contra o Espírito Santo não alcançará perdão.

11.Quando, porém, vos levarem às sinagogas, perante os magistrados e as autoridades, não vos preocupeis com o que haveis de falar em vossa defesa,

12.porque o Espírito Santo vos inspirará naquela hora o que deveis dizer.

13.Disse-lhe então alguém do meio do povo: Mestre, dize a meu irmão que reparta comigo a herança.

14.Jesus respondeu-lhe: Meu amigo, quem me constituiu juiz ou árbitro entre vós?

15.E disse então ao povo: Guardai-vos escrupulosamente de toda a avareza, porque a vida de um homem, ainda que ele esteja na abundância, não depende de suas riquezas.

16.E propôs-lhe esta parábola: Havia um homem rico cujos campos produziam muito.

17.E ele refletia consigo: Que farei? Porque não tenho onde recolher a minha colheita.

18.Disse então ele: Farei o seguinte: derrubarei os meus celeiros e construirei maiores; neles recolherei toda a minha colheita e os meus bens.

19.E direi à minha alma: ó minha alma, tens muitos bens em depósito para muitíssimos anos; descansa, come, bebe e regala-te.

20.Deus, porém, lhe disse: Insensato! Nesta noite ainda exigirão de ti a tua alma. E as coisas, que ajuntaste, de quem serão?

21.Assim acontece ao homem que entesoura para si mesmo e não é rico para Deus.

22.Jesus voltou-se então para seus discípulos: Portanto vos digo: não andeis preocupados com a vossa vida, pelo que haveis de comer; nem com o vosso corpo, pelo que haveis de vestir.

23.A vida vale mais do que o sustento e o corpo mais do que as vestes.

24.Considerai os corvos: eles não semeiam, nem ceifam, nem têm despensa, nem celeiro; entretanto, Deus os sustenta. Quanto mais valeis vós do que eles?

25.Mas qual de vós, por mais que se preocupe, pode acrescentar um só côvado à duração de sua vida?

26.Se vós, pois, não podeis fazer nem as mínimas coisas, por que estais preocupados com as outras?

27.Considerai os lírios, como crescem; não fiam, nem tecem. Contudo, digo-vos: nem Salomão em toda a sua glória jamais se vestiu como um deles.

28.Se Deus, portanto, veste assim a erva que hoje está no campo e amanhã se lança ao fogo, quanto mais a vós, homens de fé pequenina!

29.Não vos inquieteis com o que haveis de comer ou beber; e não andeis com vãs preocupações.

30.Porque os homens do mundo é que se preocupam com todas estas coisas. Mas vosso Pai bem sabe que precisais de tudo isso.

31.Buscai antes o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas por acréscimo.

32.Não temais, pequeno rebanho, porque foi do agrado de vosso Pai dar-vos o Reino.

33.Vendei o que possuís e dai esmolas; fazei para vós bolsas que não se gastam, um tesouro inesgotável nos céus, aonde não chega o ladrão e a traça não o destrói.

34.Pois onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo