Espiritualidade A Bíblia no meu Dia a Dia

A Bíblia no meu dia a dia - I Coríntios 11,17-34 - 09/08/2017

Faça o estudo da Palavra de I Coríntios 11,17-34

Nesta quarta-feira, 9, foi refletida no programa ‘A Bíblia no meu dia a dia’ a Palavra de I Coríntios 11,17-34, por Rodrigo Luiz.

Confira o programa abaixo:

Adquira o programa!

Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Acesse cancaonova.com/play!

Ajuda a Canção Nova na missão de evangelizar e transmitir a Boa Nova aos lares de pessoas do mundo inteiro! Seja um sócio evangelizador e ingresse nessa missão também!

Faça a reflexão da Palavra de I Coríntios 11,17-34:

17.Fazendo-vos essas advertências, não vos posso louvar a respeito de vossas assembléias que causam mais prejuízo que proveito.

18.Em primeiro lugar, ouço dizer que, quando se reúne a vossa assembléia, há desarmonias entre vós. (E em parte eu acredito.

19.É necessário que entre vós haja partidos para que possam manifestar-se os que são realmente virtuosos.)

20.Desse modo, quando vos reunis, já não é para comer a ceia do Senhor,

21.porquanto, mal vos pondes à mesa, cada um se apressa a tomar sua própria refeição; e enquanto uns têm fome, outros se fartam.

22.Porventura não tendes casa onde comer e beber? Ou menosprezais a Igreja de Deus, e quereis envergonhar aqueles que nada têm? Que vos direi? Devo louvar-vos? Não! Nisto não vos louvo…

23.Eu recebi do Senhor o que vos transmiti: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão

24.e, depois de ter dado graças, partiu-o e disse: Isto é o meu corpo, que é entregue por vós; fazei isto em memória de mim.

25.Do mesmo modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a Nova Aliança no meu sangue; todas as vezes que o beberdes, fazei-o em memória de mim.

26.Assim, todas as vezes que comeis desse pão e bebeis desse cálice lembrais a morte do Senhor, até que venha.

27.Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpável do corpo e do sangue do Senhor.

28.Que cada um se examine a si mesmo, e assim coma desse pão e beba desse cálice.

29.Aquele que o come e o bebe sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação.

30.Esta é a razão por que entre vós há muitos adoentados e fracos, e muitos mortos.

31.Se nos examinássemos a nós mesmos, não seríamos julgados.

32.Mas, sendo julgados pelo Senhor, ele nos castiga para não sermos condenados com o mundo.

33.Portanto, irmãos meus, quando vos reunis para a ceia, esperai uns pelos outros.

34.Se alguém tem fome, coma em casa. Assim vossas reuniões não vos atrairão a condenação. As demais coisas eu determinarei quando for ter convosco.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo