Educativo Trocando Ideias

'Trocando Ideias' dedica edição à luta a favor da vida

Médico, missionário e membro de movimento social falam sobre a luta a favor da vida

Nesta terça-feira, 6, às 20h, padre Roger Araújo conversou com o missionário Tiba Camargos; com a Diretora Regional da Associação Guadalupe de Minas Gerais, Simone Calegário; e o médico Carlos Fabrício Coelho sobre o apoio às mulheres que optam pela vida e não abortam, mesmo diante das dificuldades e da falta de condições financeiras ou psicológicas.

Diversos são os motivos que levam as mulheres a recorrerem a tal prática. Muitos deles podem ser evitados com a ajuda e o acolhimento feito por casas de apoio como a Associação Guadalupe.

.:TV AO VIVO

 

Papa Francisco tem falado sobre esse assunto. Em uma atitude de amor e acolhimento, o Santo Padre concedeu a todos os sacerdotes no Ano Jubilar – que se inicia no dia 8 de dezembro de 2015 – a faculdade de absolver do pecado do aborto todos que se arrependerem de ter abortado.

“Os sacerdotes se preparem para essa grande tarefa, sabendo conjugar palavras de acolhimento genuíno com uma reflexão que ajude a compreender o pecado cometido e indicar um percurso de conversão autêntica para conseguir entender o verdadeiro e generoso perdão do Pai, que tudo renova com a sua presença”, disse o Papa por ocasião do Jubileu Extraordinário da Misericórdia.

Aborto
A Igreja Católica aponta o aborto como um ato grave e sanciona com uma pena canônica de excomunhão esse delito contra a vida humana.

A vida humana deve ser respeitada e protegida de maneira absoluta a partir do momento da concepção. Desde o primeiro momento de sua existência, o ser humano deve ter reconhecidos os seus direitos de pessoa, entre os quais o direito inviolável de todo ser inocente à vida. (Catecismo da Igreja Católica § 2270)

No Brasil, segundo código penal Decreto lei nº 2.848, o aborto é crime, exceto quando não exista outro meio de salvar a vida da gestante, em situações de estupro e em casos de anencefalia.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo