Educativo Trocando Ideias

Confira dicas para administrar bem seu salário

Programa ‘Trocando Ideias’ recebe especialistas que dão alternativas para quitar dívidas

Letícia Barbosa
Da Redação

No dia 15 de outubro a TVCN exibiu o programa Trocando Ideias. Sob a apresentação de Ricardo Sá, a atração abordou o endividamento e controle financeiro das pessoas. Devido a grande repercussão do assunto, o internauta poderá acompanhar abaixo tudo o que ocorreu no programa.

Na edição, o apresentador recebeu o economista Laureano Rosa, a coordenadora Regional do Procon de São José dos Campos (SP), Augusta Cardoso e a psicóloga Elaine Ribeiro. As pessoas puderam interagir pelo twitter e acompanhar a partir das 20h30.

Uma das grandes dificuldades do brasileiro é não gastar mais do que seu salário e, assim, não conseguir fazer uma reserva de dinheiro. Segundo dados da Serasa Experian, 11,2 milhões de pessoas entraram para a lista de inadimplentes no primeiro quadrimestre deste ano.

Em um levantamento realizado pela empresa, no primeiro trimestre deste ano, 7,2 milhões de consumidores deixaram a lista de inadimplência. O que totalizou um aumento de 4,5% em comparação com mesmo período do ano passado. O número é o maior já registrado para o primeiro trimestre desde 2006, quando teve início a coleta de dados.

Continue assistindo

.: Posso gastar no cartão de crédito?

.: O cuidado com as compras internacionais

Confira algumas dicas

Em um dos programas matinais da TVCN, o “Manhã Viva”, o economista BRuno Cunha apresentou algumas maneiras de “sair do vermelho”.

Para aqueles que já se encontram endividados, Bruno dá uma dica que diz ser fundamental: o processo dos 3Gs – quanto a pessoa ganha, gasta e guarda.

“O primeiro passo é saber qual seu salário líquido e elencar suas despesas. É importante deixar de 20 a 30 por cento de sua renda guardada; claro que isso varia dependendo do caso. Mas isso deve acontecer, principalmente, porque você não sabe o dia de amanhã”, contou Bruno.

O economista destacou que, depois de fazer uma análise em toda a quantia recebida, é primordial realizar um levantamento das dívidas para que a pessoa saiba o total desse déficit. Uma das maneiras citadas por ele é a de quitar essas pendências fazendo sua renegociação.

Alternativas para economizar sem deixar de sair com a família

Em momentos de lazer, existe a possibilidade de ter opções criativas sem aumentar os gastos. Para Bruno, aqueles que possuem filhos e querem poupar, devem se adequar de acordo com sua situação. Ele exemplificou ao dizer que a família pode trocar a ida a um restaurante por preparar a comida em casa.

“Existem também atividades culturais gratuitas na cidade, assim como os parques. Geralmente, a família tem essa necessidade de entretenimento. De repente, caminhar com os filhos, andar de bicicleta. Existem muitas opções!”, explicou o convidado.

Clique aqui para assistir ao vídeo.

 

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo