Jornalismo Transmissões Externas

Reze a novena de Nossa Senhora Aparecida

Acompanhe diariamente, a partir do dia 3, a novena de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil.

Larissa Senne – Da Redação

Reze a novena de Nossa Senhora Aparecida

Em preparação à grande celebração do dia 12 de outubro, a TV Canção Nova, a partir desta sexta-feira, 3, às 19 horas, transmite a novena de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Diariamente os devotos são convidados a meditarem um aspecto da da vida e missão de Maria, como mulher e em nossa história de salvação.

O Santuário Nacional em Aparecida (SP) promove as festividades em devoção a Nossa Senhora sempre iniciando com a meditação da novena até o dia 12, que neste ano tem o tema: “Com a Mãe Aparecida, ser solidário na dor”, revivendo, ao lado de Maria Santíssima, o caminho de dor e morte de Jesus para provocar uma reflexão sobre a realidade de dor que ainda existe na vida do povo mais sofrido.

Para o Bispo Auxiliar de Aparecida, Dom Darci José Nicioli além de Mariológica, a novena é também Cristocêntrica: “Sentimos que o mundo precisa novamente conhecer Jesus, por incrível que pareça. Muitos igualam Jesus a um personagem comum da história. É preciso refazer a catequese para dizer que Cristo é filho de Deus, encarnou-se no seio da Virgem Maria e é o nosso Salvador, a comunicação perfeita do Pai. Depois de Jesus não haverá outra revelação do Pai”.

TV ao vivo

Nossa Senhora da Imaculada Conceição Aparecida é um título católico dedicado a Maria, mãe de Jesus que já realizou diversos milagres no mundo todo. Reze a novena de Nossa Senhora Aparecida acompanhando pela TV Canção Nova e com os produtos de evangelização:

Broche Nossa Senhora Aparecida LIVRO DEVOCIONÁRIO A NOSSA SENHORA APARECIDA Livro Nossa Amiga Aparecida Medalha Nossa Senhora Aparecida com Corrente

Sobre Nossa Senhora:

Sobre Nossa SenhoraA história de Nossa Senhora da Conceição Aparecida começou em meados de 1717, quando os pescadores Domingos Garcia, Filipe Pedroso e João Alves saíram à procura de peixes no Rio Paraíba do Sul, em Guaratinguetá (SP). Desceram o rio, mas nada conseguiram pescar.

Depois de muitas tentativas sem sucesso, chegaram ao Porto Itaguaçu. João Alves lançou a rede nas águas e apanhou o corpo da imagem de Nossa Senhora sem a cabeça. Lançou novamente a rede e apanhou a parte que faltava. Daí em diante, os peixes chegaram em abundância aos três humildes pescadores.

Durante 15 anos, a imagem ficou com a família de Felipe Pedroso, que a levou para casa, onde as pessoas da vizinhança se reuniam para rezar. Aos poucos, a devoção foi crescendo e muitas graças foram sendo alcançadas pelos fiéis, razão pela qual vários locais foram sendo construídos para abrigar a imagem da Virgem Santíssima e os peregrinos que aumentavam ano a ano. Em 1929, Nossa Senhora foi proclamada “Rainha do Brasil e sua padroeira oficial”, por determinação do Papa Pio XI. Em 1955 teve início a construção da atual Basílica e, em 1984, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) declarou oficialmente a Basílica de Aparecida como “maior santuário mariano do mundo”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo