Jornalismo Transmissões Externas

Precisamos dar abertura contínua a Jesus Cristo

Leia a transcrição da pregação de Patti Mansfield no 5º Encontro Internacional de Pentecostes

Em junho do ano passado me encontrei com o Papa Francisco no Estádio Olímpico de Roma, na Itália. Ele nos deu uma missão, quero partilhá-la com vocês agora. Imaginem o quão animada fiquei para participar deste encontro; agradeço a meu irmão Gilberto por ter me feito esse convite.

Certa vez, o Papa Francisco, ao entrar no seu carro, disse: “Vou passar pelo povo!”. Meu irmão Gilberto estava perto dele e este foi um grande sinal que o Santo Padre nos deu: ele era um de nós! Nessa ocasião, em Roma, quando ele subiu ao palco foi muito difícil acalmar as pessoas. Havia muitas pessoas com placas, foi um acolhimento fantástico para o Papa Francisco.

O Pontífice exclamou: “Viva Jesus, o Senhor!”. Então houve uma invocação do Pentecostes e o Santo Padre se ajoelhou para acolher a vinda do Espírito Santo de Deus. Esse momento de oração com Sua Santidade foi muito bom! Ele já havia pregado uma bela homilia a nós, e falou também sobre a importância de orar em línguas. Esta foi uma afirmação do dom carismático, isso nos lembra o que o Papa nos disse sobre o louvor; ele também pregou um sermão falando sobre o louvor. Aqueles que estavam ao seu redor, olhavam para ele assustados por ele ser tão espontâneo. O louvor, a adoração, a oração espontânea, a alegria nos ajudam a ser melhores.

Se ficarmos presos a uma oração fraca nós nos tornaremos pessoas não fortificadas, sem raízes. O Papa nos perguntou: “Como está a sua vida de louvor?” e “Vocês usam o dom de línguas diariamente para adorar o Senhor?”. O Santo Padre nos deu um exame de consciência ao afirmar que, quando conheceu pela primeira vez a Renovação Carismática Católica (RCC), não gostou muito desse movimento eclesial, mas que, ao ir conhecendo a RCC mais profundamente, foi entendendo mais este dom de Deus.

Precisamos dar abertura contínua a Jesus Cristo

Kátia Roldi (esquerda) e Patti Mansfield (direita)

Precisamos ter a Palavra de Deus sempre em suas mãos! O Papa também nos disse: “Voltem a ter essa prática de vida!”. Este é um tema sobre o qual ele tem pregado o tempo todo. Santa Teresinha gostava tanto da Palavra de Deus a ponto de carregá-la bem próxima ao coração. Depois o Sumo Pontífice fez uma declaração muito bonita sobre a RCC: “Vocês, Renovação Carismática, receberam um dom de Deus, nasceram do Espírito Santo, receberam uma corrente de graça!”.

A Renovação Carismática Católica é uma corrente de graça para todos em qualquer aspecto da Igreja. Nós somos pessoas como todas as demais; simplesmente estamos sendo levadas para frente por essa corrente de graça.

O Papa espera de nós primeiramente que sejamos convertidos ao amor de Jesus. Nós temos que ter uma abertura contínua a Jesus Cristo para que possamos nos encontrar com Ele. Depois desse envio do Papa Francisco, podemos fazer isso com mais segurança!

Transcrição e Adaptação: Karina Aparecida

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo