Jornalismo Transmissões Externas

Papa se encontra com a Fraternidade Comunhão e Libertação

Em audiência, Papa Francisco recebe a Fraternidade Comunhão e Libertação em Roma.

Larissa Senne
Da Redação

Neste sábado, 7 de março, Papa Francisco realizará uma audiência na Praça de São Pedro, no Vaticano, na presença da Fraternidade Comunhão e Libertação por ocasião do décimo aniversário da morte do fundador, Dom Giussani, e dos 60 anos do começo do movimento. Este encontro será transmitido pela TV Canção Nova, a partir das 6h30, horário de Brasília.

O encontro com o Santo Padre tem o intuito de proporcionar aos membros da fraternidade um momento para escutar as palavras do líder da Igreja Católica e as indicações sobre o caminho e os projetos para com a sociedade.

Durante o evento, a programação estabelecida segue após abertura e entrada na Praça de São Pedro, com um momento de preparação com recitação das Laudes, cantos e leituras; em seguida, o encontro com Francisco e o encerramento da solenidade.

O sacerdote espanhol Julián Carrón, presidente da Fraternidade Comunhão e Libertação, redigiu uma carta a todos os membros do movimento, na qual salienta a importância deste momento: “Que o nosso seguimento do carisma que nos fascinou seja cada vez mais fiel através do seguimento do Papa e dos bispos em comunhão com ele (…) Por isso vamos a Roma. Não para uma celebração, mas só pelo desejo de aprender do Papa Francisco a ser cristãos num mundo em tão rápida transformação. Tenho a certeza de que o conhecimento que o Papa tem de dom Giussani, por meio dos seus escritos, lhe permitirá nos oferecer diretrizes de entendimento, indicações e sugestões consoantes com o nosso caminho”.

Papa se encontra com a Fraternidade Comunhão e Libertação

Praça de São Pedro, Vaticano (Foto: Arquivo CN)

A Fraternidade:
Comunhão e Libertação é um movimento eclesial, cujo objetivo é a educação cristã dos seus membros no sentido da colaboração com a missão da Igreja em todos os âmbitos da sociedade.

Nasceu na Itália, em 1954, quando Dom Luigi Giussani (1922-2005) deu início, no Liceu clássico “Berchet”de Milão, a uma iniciativa de presença cristã que usava a precedente sigla Juventude Estudantil (Gioventù Studentesca– GS).

Atualmente, Comunhão e Libertação estão presentes em cerca de 80 países em todos os continentes, e é guiado por padre Julián Carrón, sucessor de Dom Giussani, depois de sua morte em 2005. Não existe nenhum tipo de inscrição, mas somente a livre participação das pessoas. O instrumento fundamental de formação dos membros do Movimento é a catequese semanal denominada “Escola de Comunidade”.

Fonte – site oficial da br.clonline.org

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo