Espiritualidade Sorrindo pra Vida

A saúde é nosso bem material mais valioso

Precisamos cuidar da saúde do nosso corpo, mas nunca nos esquecermos da saúde da alma para ficarmos completos

No programa ‘Sorrindo pra Vida’ desta segunda-feira, 27, às 8h, Márcio Mendes partilhou a Palavra de Deus para nos alertar da importância da nossa saúde, que é o nosso bem material mais valioso.

Baseado na passagem de Eclesiástico 30,15-17, Márcio nos diz como é bom estarmos bem, e que a saúde é nosso maior tesouro material. Mas ela sozinha não adianta de nada, para ficarmos bem de verdade é preciso de um espírito rigoroso. Estar bem inclui o corpo, mas também o coração.

Não existe contentamento e satisfação maior do que a alegria do coração. O contentamento não é ter as coisas acontecendo do jeito que gostamos, mas sim a plenitude e a realização. Para quem é cristão, o maior contentamento é estar cheio de Deus, pois com Ele aprendemos a estar plenos e realizados sempre.

Precisamos nos amar a ponto de cuidarmos da saúde do nosso corpo e alma. A Palavra de Deus nos manda amar o próximo como amamos a nós mesmos; e se não nos amamos nem nos cuidamos, não podemos fazer isso pelo próximo.

Leia a Palavra meditada em Eclesiástico 30,15-17:

“A saúde da alma na santidade e na justiça vale mais que o ouro e a prata. Um corpo robusto vale mais que imensas riquezas. Não há maior riqueza que a saúde do corpo; não há prazer que se iguale à alegria do coração. Mais vale a morte que uma vida na aflição; e o repouso eterno que um definhamento sem fim.”

Assista aos programas:
Adquira o Canção Nova Play e assista aos programa da TV Canção Nova na íntegra. Ao adquirir, você ajudará a Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Acesse o site cancaonova.com/play!

Contamos com sua ajuda para que mais pessoas possam ser alcançadas pelo Evangelho. Seja também um sócio evangelizador e ingresse na missão de evangelizar! Acesse aqui!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo