Espiritualidade Sorrindo pra Vida

Precisamos ter amor próprio

O amor próprio é um processo de maturidade

Na manhã desta quinta-feira, 21, às 8h, Márcio Mendes refletiu o trecho de Efésios 4,29-32 durante o programa ‘Sorrindo pra Vida’.

O missionário ressaltou que, por causa da tentação, as pessoas acabam deixando de se valorizar e abrem mão do precioso valor que o ser humano tem diante de Deus, e consequentemente do amor próprio.

“Você precisa se amar, saber que ser humilde não é se amar pouco. Relacionar-se com as pessoas é um desafio. A Palavra de Deus nos manda ser bondosos com quem é cruel conosco. Mas ser bom não é ser bobo”, frisou Márcio.

Conteúdo completo!
Tenha acesso aos programas da TV Canção Nova assinando o Canção Nova. Quer saber mais? Então, clique aqui!

“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem. E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia. Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo” (Efésios 4, 29-32).

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo