Espiritualidade Sorrindo pra Vida

O outro lado das provações

As provações nunca serão fáceis, mas sempre poderemos tirar coisas boas delas

Com base em Hebreus 12,4-13, Márcio Mendes partilhou sobre os diferentes lados das provações no programa ‘Sorrindo pra Vida’ desta sexta-feira, 19, às 7h.

Márcio mostrou como as provações e correções da vida podem ser uma forma de Deus nos amar e declarar que somos seus filhos. E mesmo que as dificuldades sejam muitas, nós precisamos delas para provar nossa fé.

O missionário ainda nos diz que, mesmo Deus não sendo capaz de nos fazer mal, Ele, às vezes, o permite para que nossas qualidades apareçam em nós.

“Muitas vezes, as aflições são como pano escuro que Deus deixa para que as virtudes e os dons dos seus filhos apareçam”, explicou.

programasTV

Adquira o programa!
Ao adquirir o programa desta sexta-feira, 19, na íntegra, você ajudará a TV Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Clique aqui!

Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Saiba mais sobre esse assunto e tenha também acesso a todos os programas da emissora! Acesse cancaonova.com/play!

Medite a Palavra:

“Ainda não tendes resistido até o sangue, na luta contra o pecado. Estais esquecidos da palavra de animação que vos é dirigida como a filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor. Não desanimes, quando repreendido por ele; pois o Senhor corrige a quem ama e castiga todo aquele que reconhece por seu filho (Pr 3,11s). Estais sendo provados para a vossa correção: é Deus que vos trata como filhos. Ora, qual é o filho a quem seu pai não corrige? Mas se permanecêsseis sem a correção que é comum a todos, seríeis bastardos e não filhos legítimos. Aliás, temos na terra nossos pais que nos corrigem e, no entanto, os olhamos com respeito. Com quanto mais razão nos havemos de submeter ao Pai de nossas almas, o qual nos dará a vida? Os primeiros nos educaram para pouco tempo, segundo a sua própria conveniência, ao passo que este o faz para nosso bem, para nos comunicar sua santidade. E verdade que toda correção parece, de momento, antes motivo de pesar que de alegria. Mais tarde, porém, granjeia aos que por ela se exercitaram o melhor fruto de justiça e de paz. Levantai, pois, vossas mãos fatigadas e vossos joelhos trêmulos (Is 35,3). Dirigi os vossos passos pelo caminho certo. Os que claudicam tornem ao bom caminho e não se desviem.”

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo