Espiritualidade Sorrindo pra Vida

Não podemos deixar nossa fé esfriar

Pela experiência da escuta da Palavra de Deus, o ser humano é capaz de ressuscitar sua caminhada de fé.

O programa “Sorrindo pra Vida” desta quarta-feira, 11, contou com a participação de padre João Marcos Polak, cuja reflexão foi baseada no livro bíblico de Ezequiel 37, 1-10.

O texto bíblico apresenta o diálogo de Deus com o profeta Ezequiel em meio a ossos ressequidos, em alusão às pessoas “mornas” na fé, ou seja, que ainda não se decidiram por Deus.

“Esses ossos ressequidos não são apenas ossos, são pessoas, pessoas que estão sem vida, sem sentido para sua vida, [são] pessoas ‘mornas’ (…). Muitas vezes, estamos assim: cristãos ‘mornos’ e desatualizados”, denunciou o sacerdote da Comunidade Canção Nova.

E destacou que, ao meditar a Boa Nova, o ser humano encontra forças para se aprofundar na vivência dos sacramentos e das práticas espirituais.

.: Não deixe de ver a transcrição completa! Clique aqui.

O sacerdote salientou que a Palavra de Deus precisa ser traduzida para o cotidiano das pessoas. E que, para isso, é necessário que haja o questionamento, a partir dos textos bíblicos meditados, de forma a haver a transformação delas.

Acompanhe o trecho de Ezequiel 37,1-10 refletido no programa de hoje:

“A mão do Senhor estava sobre mim, e o Senhor me levou em espírito para fora e me deixou no meio de uma planície repleta de ossos. Fez-me circular em meios dos ossos em todas as direções. Vi que havia muitíssimos ossos sobre a planície e estavam bem ressequidos. Ele me perguntou: ‘Filho do homem, estes ossos poderão reviver?’ E eu respondi: ‘Senhor Deus, és tu que sabes!. Ele me disse: ‘Profetiza sobre estes ossos e dize-lhes: Ossos ressequidos, ouvi a Palavra do Senhor. Assim diz o Senhor Deus a estes ossos: Vou infundir-vos eu mesmo um espírito para que revivais. Eu vos darei nervos, farei crescer carne e estenderei por cima da pele. Porei em vós um espírito para que revivais. Então sabereis que eu sou o Senhor. Profetizarei conforme me fora ordenado. Enquanto eu profetizava, ouviu-se primeiro um rumor, e logo um estrondo, quando os ossos se aproximaram um dos outros. Eu olhei e vi carnes e nervos crescendo sobre eles e, por cima, a pele que se estendia. Mas faltava-lhe o sopor da vida. Ele me disse: ‘Profetiza par ao espírito, profetiza, filho do homem. Dirás ao espírito: Assim diz o Senhor Deus: Vem, ó espírito, dos quatro ventos, soprar sobre estes mortos para que eles possam reviver’. Profetizei conforme me fora ordenado, e o espírito entrou neles. Eles reviveram e se puseram de pé qual imenso exército”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo