Espiritualidade Sorrindo pra Vida

Jesus veio para todos nós

Jesus não faz distinção entre pessoas; Ele veio para todos, para o rico e para o pobre

No programa ‘Sorrindo pra Vida’ desta quarta-feira, 28, às 8h, Thiago Tomé foi convidado para partilhar a Palavra de Deus. Baseado no Evangelho de Mateus, o missionário declarou Jesus ao mundo.

Ao partilhar a Palavra de Mateus 2, e Lucas 2, Thiago mostrou os opostos ao citar os magos e pastores que estavam com Jesus no Seu nascimento. Segundo ele, a relação entre os sábios e os ricos, que eram os magos, e os pobres e desprezados dos pastores nos mostram como com Jesus não há seleção de diferença, Ele veio para todos nós.

O missionário nos convida a seguirmos a luz que é Cristo, a fim de que possamos receber a visita do Senhor, que ainda celebramos devido ao Natal. Ele nos convida também a repetirmos a experiência do nascimento de Jesus na nossa história, quando dividiu nossa história em antes e depois de Cristo.

Medite a palavra de Mateus 2,1-2;9-11, lida no programa:

“Tendo, pois, Jesus nascido em Belém de Judá, no tempo do rei Herodes, eis que magos vieram do oriente a Jerusalém. Perguntaram eles: Onde está o rei dos judeus que acaba de nascer? Vimos a sua estrela no oriente e viemos adorá-lo. Tendo eles ouvido as palavras do rei, partiram. E eis que e estrela, que tinham visto no oriente, os foi precedendo até chegar sobre o lugar onde estava o menino e ali parou. A aparição daquela estrela os encheu de profunda alegria. Entrando na casa, acharam o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se diante dele, o adoraram.”

Adquira o programa na íntegra
Ao adquirir o programa dessa quarta-feira, 28, na íntegra, você ajudará a Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Acesse o site cancaonova.com/play!

Contamos com sua ajuda para que mais pessoas possam ser alcançadas pelo Evangelho. Seja também um sócio evangelizador e ingresse na missão de evangelizar! Acesse aqui!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo