Espiritualidade Sorrindo pra Vida

Como atrair o bem em minha vida?

Atitudes que ajudam a atrair o bem

Na partilha da Palavra, Márcio Mendes baseou-se em Lucas 7, 36-50 para falar sobre formas de atrair o bem para a vida.

O missionário indagou sobre o que temos permitido entrar em nosso “coração”. Segundo ele, nós ficamos tristes pelas coisas que deixamos entrar o nosso coração. Se elas são negativas, ficamos chateados e tristes e não percebemos a presença de Deus.

“Quando não contamos com Deus, a maldade toma conta de nós. Quando temos nosso coração enraizado em Deus, damos bons frutos e atraímos o bem. O amor é fonte de todo bem em nossa vida, pois Deus é amor. Pelo nosso coração Deus nos atrai”, ressaltou Márcio.

Ele ainda acrescentou que só conseguimos ser fiéis quando estamos com o “coração” enraizado em Deus. Entretanto, quando nos afastamos d’Ele, cometemos erros.

“A nossa língua é um medidor da nossa saúde espiritual. Há um dia lindo nos esperando, temos a opção de ficar com o que é bom ou mal”, disse Márcio.

Adquira o programa!
Ao adquirir o programa desta sexta-feira, 16, na íntegra, você ajudará a TV Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Clique aqui!

Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Saiba mais sobre esse assunto e tenha também acesso a todos os programas da emissora! Acesse o site cancaonova.com/play!

Medite Lucas 7, 36-50 :

“E rogou-lhe um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa. E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com unguento;
E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-lhos com os cabelos da sua cabeça; e beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o unguento. Quando isto viu o fariseu que o tinha convidado, falava consigo, dizendo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, pois é uma pecadora.
E respondendo, Jesus disse-lhe: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. E ele disse: Dize-a, Mestre. Um certo credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos dinheiros, e outro cinqüenta. E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Dize, pois, qual deles o amará mais? E Simão, respondendo, disse: Tenho para mim que é aquele a quem mais perdoou. E ele lhe disse: Julgaste bem. E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas, e os enxugou com os cabelos de sua cabeça. Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com unguento. Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama. E disse-lhe a ela: Os teus pecados te são perdoados. E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este, que até perdoa pecados? E disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz.”

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo