Espiritualidade Sorrindo pra Vida

Com Deus o medo e a tristeza não pesam

O medo e a tristeza não podem influenciar em nossa vida

No programa Sorrindo pra Vida desta segunda-feira, 10, às 8h, Márcio Mendes refletiu sobre como o medo e a tristeza perdem peso na nossa vida quando nos colocamos na presença de Deus.

Baseado em Isaías 51,11-16, o missionário diz que Deus nos promete que sairemos das situações difíceis, pois Ele é o nosso Deus. Estar com o Senhor não significa não sentir mais medo ou tristeza, mas ter fé n’Ele de que tudo passa e que esses sentimentos não pesam mais em nossa vida.

“Quem é de Deus carrega um coração sempre alegre”, exaltou o convidado. Quando depositamos a nossa fé em Deus, Ele nos promete alegria e felicidade. O Missionário também afirma que quando voltamos para Deus os medos da morte e da perda não perturbam mais nosso coração.

.:Como manter a confiança diante das dificuldades
.:Alegria no Senhor
.:A fé: uma alegria renovada

Assista um trecho da partilha:

Programa na íntegra!
Ao adquirir o programa desta sexta-feira, 7, na íntegra, você ajudará a TV Canção Nova a manter todo seu Sistema de Comunicação. Acesse o site cancaonova.com/play!

Contamos com sua ajuda para que mais pessoas possam ser alcançadas pelo Evangelho! Seja também um sócio evangelizador e ingresse na missão de evangelizar! Acesse aqui! 

Medite a palavra de Isaías 51,11-16:

“Assim voltarão os resgatados do Senhor, e virão a Sião com júbilo, e perpétua alegria haverá sobre as suas cabeças; gozo e alegria alcançarão, a tristeza e o gemido fugirão.
Eu, eu sou aquele que vos consola; quem, pois, és tu para que temas o homem que é mortal, ou o filho do homem, que se tornará em erva?
E te esqueces do Senhor que te criou, que estendeu os céus, e fundou a terra, e temes continuamente todo o dia o furor do angustiador, quando se prepara para destruir; pois onde está o furor do que te atribulava?
O exilado cativo depressa será solto, e não morrerá na caverna, e o seu pão não lhe faltará.
Porque eu sou o Senhor teu Deus, que agito o mar, de modo que bramem as suas ondas. O Senhor dos Exércitos é o seu nome.
E ponho as minhas palavras na tua boca, e te cubro com a sombra da minha mão; para plantar os céus, e para fundar a terra, e para dizer a Sião: Tu és o meu povo.”

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo