Espiritualidade Santa Missa

Como lidar com a rejeição?

O medo da rejeição não pode interferir na vida do ser humano

Padre Adriano Zandoná presidiu a Santa Missa dessa segunda-feira, 13, às 19h30, e deu continuidade à Semana de Oração pela cura das feridas emocionais.

No decorrer da homilia, o sacerdote explicou que o ser humano tem uma necessidade natural de ser acolhido e, de maneira consciente e inconsciente, as pessoas têm medo de serem rejeitadas.

“A pessoa quando se deixa ser dominada pelo medo da rejeição, acaba fazendo de tudo para ser aprovado. Ser aprovado pelas pessoas não quer dizer que você seja amado”, explicou o padre.

Um dos passos para a cura da rejeição é o autoconhecimento, pois, ao se conhecer, a pessoa passa a se importar menos com opiniões contrárias, de terceiros.

.:A cura do sentimento de inferioridade
.:A cura das feridas emocionais
.:Não há milagre se você não tem contato com Deus
.:O caminho para a cura das feridas emocionais

Padre Adriano ainda alertou sobre a imaturidade de fé de muitas pessoas que desejam a realização imediata de suas vontades.

“Quando não temos a sabedoria para equilibrar nossos desejos, ficamos cegos e podemos fazer de tudo. Quem é maduro sabe abrir mão das suas vontades por um ideal maior”, disse o sacerdote.

Adquira os produtos de evangelização de padre Adriano Zandoná:

Construindo a felicidade Conquistando a liberdadeCurar-se para ser feliz

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo