Jornalismo Papo Aberto

Planejamento familiar natural

Método Billings e o livro “A Oração de São Francisco” foram temas do programa “Papo Aberto”

Todas as segundas-feiras, o missionário da Comunidade Canção Nova Márcio Mendes apresenta o programa “Papo Aberto”, na TV Canção Nova, às 22 horas. Nessa segunda-feira, 16 de junho, o apresentador recebeu Anderson Cavalcante, autor do livro “A oração de São Francisco”. E também recebeu a vice-presidente nacional da Confederação Nacional de Planejamento Natural da Família (CENPLAFAM), Heloísa Pereira, para falar sobre a importância do método Billings.

O escritor Anderson Cavalcante falou sobre o tema de seu livro “A oração de São Francisco”, que, segundo ele, surgiu de uma conversa com o autor Gabriel Perissê. O convidado salientou que a preocupação das pessoas com coisas supérfluas e irrelevantes é crescente devido à má influência do mundo, cada vez mais doente e tomado pela angústia e pelos valores anticristãos. Por isso ele decidiu se aprofundar nos ensinamentos dessa prece e escrever uma obra sobre as mensagens atemporais dessa oração, que nos ajudam a refletir sobre a necessidade da busca da paz, do amor, da união e do perdão na construção de uma sociedade mais equilibrada e pacífica.

“Neste mundo doente, nós refletimos: por que não fazer alguma coisa ligada à oração de São Francisco?[…]. A oração, embora antiga, está sempre presente no nosso dia a dia”, contou Anderson.

O método Billings, método natural de planejamento familiar, foi o tema refletido por Heloísa Pereira, vice-presidente nacional do CENPLAFAM, recomendado aos casais que procuram métodos naturais, sem a interferência química, para planejarem o momento certo para a gravidez.

“O método de ovulação Billings é um método atual, é uma prática moderna de reconhecimento de fertilidade. Foi estudado por cinco cientistas e validado cientificamente […]. O método é de suma importância, por ajudar, por intermédio do reconhecimento de fertilidade, o casal a planejar o momento em que eles estão em melhores condições para acolher uma nova vida”, explica a convidada.

Bloco I: 

Bloco II: 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo