Espiritualidade Mulheres de Fé

A alegria de ser mãe

Rosana Machado é casada, mãe de cinco filhos e testemunha que a família é o maior presente que Deus nos dá.

Nesse último sábado, 5 de julho, o programa ‘Mulheres de Fé’, apresentado pelo padre Alexandre Paciolli e exibido às 18h30, contou com a participação de Rosana Machado, que afirmou valer a pena se dedicar à família e não se arrepende de ter 5 filhos, segundo ela, o maior presente de Deus em sua vida.

Meus filhos mudaram meu conceito de vida e meus objetivos; sempre pensei em estudar e trabalhar, mas hoje eles vêm em primeiro lugar para mim. Ainda quero terminar minha faculdade, mas meu grande objetivo é educar meus filhos para Deus“, enfatiza.

Rosana partilhou que cresceu como filha única e que descobriu ter um meio-irmão só em sua adolescência, e que, pelo fato de o pai beber muito, teve uma infância difícil devido às agressões verbais e físicas e ao receio de levar os amigos em casa.

Ela contou também que a mãe sempre a incentivava nos estudos e, mesmo trabalhando como manicure aos 11 anos, nunca deixou essa meta. Aos 15 anos ela diz ter conhecido a Igreja por intermédio de uma amiga e ter se encantado por Jesus, de quem nunca mais se afastou.

E que, embora sempre tenha feito planos de ter uma profissão e cursar uma faculdade, aos 20 anos começou a namorar e Deus apresentou a ela sua verdadeira vocação: ser mãe. Ela se casou e hoje tem 5 filhos, e testemunha que a alegria de sua vida são eles, e que não se arrepende de ter uma família grande e unida.

Meu casamento é para sempre e amo cada um dos meus filhos. As pessoas, quando nos veem com cinco filhos, não aceitam. Mas eu quis a vida de cada filho, e não me importo com o que os outros falam. Eu os amo, pois são o presente de Deus para mim“, testemunha essa mulher de fé.

Assista a entrevista na íntegra:

Veja também:

:: Fortaleça a sua fé no Senhor

:: Jesus está vivo

:: Deus um amigo para todas as horas

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo