Educativo Maranathá

Maranathá: um programa de pessoas que praticam a fé

Programa jovem mostra pessoas que praticam a fé e como a Doutrina Social da Igreja está sendo aplicada na sociedade.

Larissa Senne
Da Redação

Como atrair o jovem para a Igreja e fazer com que ele se aproxime dos ensinamentos de Jesus? Esta é a missão do programa ‘Maranathá’ exibido semanalmente, aos sábados, às 12h40, pela TV Canção Nova, com o intuito de transmitir de maneira mais leve e acessível a Doutrina Social da Igreja Católica.

De origem aramaica, a expressão Maranathá significa “Vem, Senhor!”, uma oportunidade de preparar as pessoas para a vinda de Jesus e melhorar o mundo que nos cerca com a coragem de ser cristão. O Catecismo da Igreja Católica, no parágrafo 451, diz: “A oração cristã é marcada pelo título ‘Senhor’, […] do grito cheio de confiança e de esperança: ‘Maran atha’ (‘o Senhor vem!’) ou ‘Marana tha’ (‘Vem, Senhor!’) (1Cor 16,22).

A cada edição padre Sílvio César conduz o programa apresentando obras sociais comprometidas com a vida, a família e a fé, que são capazes de transformar as realidades comunitárias, promovendo a esperança, a partilha e o bem comum.

“A participação do jovem na Igreja é uma forma bonita de continuar esse processo evangelizador, acreditando que o Evangelho deve ser passado de geração em geração. O jovem deseja a Igreja, tem amor pelo seguimento de Jesus Cristo”, salienta o sacerdote.

Para demonstrar um pouco do processo de produção do programa, a redação da tv.cancaonova participou de um dia de gravação e entrevistou os responsáveis pela criação dos conteúdos. Assista ao vídeo:

A concepção de um programa diferente:
A proposta de um programa jovem sobre a Doutrina Social da Igreja surgiu de uma conversa dos dirigentes da TVCN com o monsenhor Cláudio Maria Celli, do Pontifício Conselho para as Comunicações. O prelado pediu que a TV Canção Nova produzisse um programa que apresentasse aos jovens os documentos da Igreja sobre sua Doutrina Social e o valor de suas ações sociais, de modo a incentivar o engajamento da juventude em ações pastorais, sociais e políticas em prol do bem-estar da sociedade como um todo.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo