Entretenimento Especiais

Programa especial conta a história do SMS na TV Canção Nova

A TV Canção Nova exibe neste domingo, 22, às 19h30, uma matéria especial sobre os 6 anos de SMS nesta missão evangelizadora. A exibição, produzida e idealizada pelos missionários e colaboradores do setor, é uma forma de agradecimento a todos que participam assinando os canais e enviando suas orações via celular.

Segundo a União Internacional de Telecomunicações (UIT), o número de assinaturas de telefonia celular, no mundo, chega a quase 7 bilhões neste ano, o que significa que os telefones móveis somam quase que o mesmo número de habitantes do planeta em 2013.

Monsenhor Jonas Abib, profeta do nosso tempo, diz que a Canção Nova, como Igreja, usaria de todos os meios para anunciar o Evangelho. O SMS não só recebe pedidos de oração e participações nos programas interativos da TV, como também envia diariamente cerca de 70 mil mensagens com conteúdo evangelizador: são os TORPEDOS CANÇÃO NOVA.

“A ideia principal [do documentário] é mostrar um pouco da estrutura do setor, pois muitas pessoas que recebem [os torpedos CN] não sabem como tudo é feito. Também foram priorizados os testemunhos das pessoas que participam, como forma de incentivo a novos assinantes e participantes! O programa vai abordar o histórico do departamento na instituição, a estrutura de trabalho e o testemunho de colaboradores novos e antigos”, informou Wallace Moreira, diretor do documentário.
Não apenas vocação, mas instrumento crucial para a missão evangelizadora, o Sistema Canção Nova de Comunicação abrange diferentes mídias (Revista, Rádio (AM e FM), TV, Portal, WebTV e Mobile) com o único objetivo: levar a Palavra de Deus a todos.
Missão pequena aos nossos olhos, cujo alcance, no coração de Deus, não temos dimensão. Desde 2007 a equipe reza e intercede pelos pedidos de oração, enviados via SMS à Canção Nova; seis anos de contribuição aos valores humanos e à fé cristã.

Confira, neste domingo, a partir das 19h30, AQUI.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo