Espiritualidade Direção Espiritual

Devemos testemunhar com nossas ações que vale a pena ser de Deus

Padre Fábio de Melo reflete sobre a experiência de vida e de fé com a Palavra de Deus.

Após um período de recesso, na quarta-feira, 22 de maio, o Direção Espiritual voltou a ter exibições inéditas. Ao iniciar a atração, padre Fábio de Melo falou sobre este tempo de mudanças e o carinho recebido pelos fiéis que acompanham o programa e sua missão sacerdotal.

“Em verdade, estava no meu coração como se me faltasse algo”, partilha o sacerdote ao se referir ao tempo de pausa.

Relembrando os momentos já vividos, padre Fábio se recordou de tudo o que Deus providenciou em sua vida, destacando a importância de fazermos memória a tudo o que já vivemos, iluminados pela Palavra de Deus: “Aquilo que já aconteceu no seu coração, a Palavra de Deus dita tem valor. Toda vez que recrutamos o valor das primeiras experiências com ela é como se nós nos redescobríssemos”.

Durante o primeiro bloco do programa, o sacerdote também falou sobre o seu novo livro: ‘O Discípulo da Madrugada’, em que apresenta um personagem religioso e bem-intencionado, cuja vida é modificada ao se tornar amigo de Jesus, antes de presenciar Sua crucificação. E comparou suas batalhas diárias à vida religiosa e aos desígnios de Deus para ele.

Continuando sua reflexão sobre o personagem de seu livro, padre Fábio ligou a ficção à nossa vida real, destacando a importância de termos uma vida norteada pelos princípios cristãos e viver bem esta convicção.

“A nossa fé, a maneira que vivemos a nossa religião, é o primeiro testemunho que nós damos ao outro. Quando nós, por meio do nosso testemunho, na nossa vida, demonstramos ao outro que vale a pena a pertença religiosa”, ressalta o sacerdote.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo