Jornalismo Deus Proverá

Entenda o processo de digitalização da emissora

Equipamentos para a digitalização já estão nas instalações da sede da TV Canção Nova.

Letícia Barbosa
Da Redação

Todas as emissoras brasileiras passam pelo processo de digitalização de seu sinal de transmissão. A conversão consiste na migração do sinal convencional (analógico) para o digital. A TV Canção Nova deu início a uma grande mobilização para a transição do sinal, em 2008, juntamente com sua mantenedora, a Fundação João Paulo II. Para acompanhar todas as fases, a equipe do programa “Deus Proverá” tem registrado o passo a passo da implantação do novo sistema.

O programa tem por objetivo mostrar ao público todos os serviços realizados pela comunidade com a contribuição dos sócios evangelizadores. A apresentadora da atração, Letícia Sauthier, missionária dessa obra de evangelização, com a equipe de produção, exibirá uma série de matérias sobre cada estágio da mudança de tecnologia.

Gradualmente a TVCN tem se adaptado à nova norma. Em 2009, sua Central Técnica, onde estão localizados os aparelhos para a transmissão, em Cachoeira Paulista (SP), e sua retransmissora em Aracaju (SE), foram capacitadas para emitir o novo sinal.

Os novos equipamentos para a digitalização já estão nas instalações da sede da Comunidade Canção Nova, endereçados para diversas cidades do país que receberão o novo sistema. A própria equipe técnica da emissora realiza a instalação dos equipamentos de forma a reduzir os gastos da implantação.

Toda a programação ao vivo da emissora já é exibida em alta definição (HD). Segundo o gerente de TI e Broadcast, Danilo Gesualdo, a TV Canção Nova tem caminhado gradualmente para a implementação do novo formato. As cidades que já foram contempladas com a nova tecnologia são Cachoeira Paulista (SP) e Aracaju (SE).

“Estamos na parte da implantação [do novo sinal] na captação externa de todas as gravações que acontecem nas ruas. Como isso não depende apenas das trocas de câmeras e sim de todo um sistema, estamos realizando isso de forma gradual. Hoje 15% das gravações externas estão sendo geradas no sinal digital”, afirmou o gerente.

Como contribuir para a digitalização?

As pessoas, que desejam ajudar a TV Canção Nova nesse processo de digitalização de seu sinal, podem contribuir de diversas maneiras. Toda ajuda, de forma indireta ou direta, será de grande valia para a emissora.

Profissionais na área de construção civil, como pedreiros, mestres de obra, engenheiros, entre outros; além de empresas que desejam desenvolver alguma parceria na venda ou doação de materiais podem auxiliar nesta etapa. Para isso, é preciso entrar em contato com o serviço de Radiodifusão da TV pelo e-mail: execucao1.rdf@cancaonova.com

Outra forma de colaborar é tornando-se sócio do Clube da Evangelização. Além de ajudar esta obra, o sócio evangelizador receberá mensalmente a Revista Canção Nova. Para os que não desejam se associar, é possível contribuir pelo depósito bancário ou transferência online, por meio dos quais a doação pode ser efetuada diretamente entre as contas bancárias.

Saiba mais detalhes acessando clube.cancaonova.com

Por que mudar e qual a diferença entre a TV digital e a analógica?

A alteração de sinal é obrigatória devido ao Decreto-Lei 5.820 de 2006, cujo prazo de implantação dessa nova tecnologia se estende até 2016.

A TV digital proporciona uma qualidade de som e imagem superior à encontrada nas tecnologias existentes. Com a digitalização, o telespectador terá o benefício da interatividade e mobilidade, ou seja, poderá acompanhar a programação da emissora, em qualquer lugar, ao se conectar a equipamentos portáteis, como celulares e laptops.

A captação do novo sinal será recepcionada por todos os aparelhos que estiverem equipados com o conversor digital (set-top box), seja na parte interna ou externa do televisor. Dispositivos móveis e computadores também poderão receber o novo formato, desde que estejam adaptados adequadamente ao conversor. Os usuários que possuem aparelhos antigos deverão adquirir o conversor para ter acesso à nova tecnologia.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo