Espiritualidade A Bíblia no meu Dia a Dia

A Bíblia no meu dia a dia - João 4, 1-26 - 17/05/2016

Faça o estudo da Palavra de João 4, 1-26.

Nesta terça, 17 de maio, no programa ‘A Bíblia no meu dia a dia’, Alexandre Oliveira refletiu a Palavra de  João 4, 1-26.

Adquira o programa!
Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Acesse cancaonova.com/play!

Ajuda a Canção Nova na missão de evangelizar e transmitir a Boa Nova aos lares de pessoas do mundo inteiro! Seja um sócio evangelizador e ingresse nessa missão também!

Faça a reflexão da Palavra de João 4, 1-26.

1.O Senhor soube que os fariseus tinham ouvido dizer que ele recrutava e batizava mais discípulos que João

2.(se bem que não era Jesus quem batizava, mas os seus discípulos).

3.Deixou a Judéia e voltou para a Galiléia.

4.Ora, devia passar por Samaria.

5.Chegou, pois, a uma localidade da Samaria, chamada Sicar, junto das terras que Jacó dera a seu filho José.

6.Ali havia o poço de Jacó. E Jesus, fatigado da viagem, sentou-se à beira do poço. Era por volta do meio-dia.

7.Veio uma mulher da Samaria tirar água. Pediu-lhe Jesus: Dá-me de beber.

8.(Pois os discípulos tinham ido à cidade comprar mantimentos.)

9.Aquela samaritana lhe disse: Sendo tu judeu, como pedes de beber a mim, que sou samaritana!… (Pois os judeus não se comunicavam com os samaritanos.)

10.Respondeu-lhe Jesus: Se conhecesses o dom de Deus, e quem é que te diz: Dá-me de beber, certamente lhe pedirias tu mesma e ele te daria uma água viva.

11.A mulher lhe replicou: Senhor, não tens com que tirá-la, e o poço é fundo… donde tens, pois, essa água viva?

12.És, porventura, maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu este poço, do qual ele mesmo bebeu e também os seus filhos e os seus rebanhos?

13.Respondeu-lhe Jesus: Todo aquele que beber desta água tornará a ter sede,

14.mas o que beber da água que eu lhe der jamais terá sede. Mas a água que eu lhe der virá a ser nele fonte de água, que jorrará até a vida eterna.

15.A mulher suplicou: Senhor, dá-me desta água, para eu já não ter sede nem vir aqui tirá-la!

16.Disse-lhe Jesus: Vai, chama teu marido e volta cá.

17.A mulher respondeu: Não tenho marido. Disse Jesus: Tens razão em dizer que não tens marido.

18.Tiveste cinco maridos, e o que agora tens não é teu. Nisto disseste a verdade.

19.Senhor, disse-lhe a mulher, vejo que és profeta!…

20.Nossos pais adoraram neste monte, mas vós dizeis que é em Jerusalém que se deve adorar.

21.Jesus respondeu: Mulher, acredita-me, vem a hora em que não adorareis o Pai, nem neste monte nem em Jerusalém.

22.Vós adorais o que não conheceis, nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus.

23.Mas vem a hora, e já chegou, em que os verdadeiros adoradores hão de adorar o Pai em espírito e verdade, e são esses adoradores que o Pai deseja.

24.Deus é espírito, e os seus adoradores devem adorá-lo em espírito e verdade.

25.Respondeu a mulher: Sei que deve vir o Messias (que se chama Cristo); quando, pois, vier, ele nos fará conhecer todas as coisas.

26.Disse-lhe Jesus: Sou eu, quem fala contigo.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo