Espiritualidade A Bíblia no meu Dia a Dia

A Bíblia no meu dia a dia - Mateus 26,17-35 - 01/03/2017

Faça o estudo da Palavra de Mateus 26,17-35

Quarta-feira, 1º, foi refletida no programa ‘A Bíblia no meu dia a dia’ a Palavra de Mateus 26,17-35 por Nelsinho Corrêa.

Confira o vídeo abaixo:

Adquira o programa!

Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Acesse cancaonova.com/play!

Ajuda a Canção Nova na missão de evangelizar e transmitir a Boa Nova aos lares de pessoas do mundo inteiro! Seja um sócio evangelizador e ingresse nessa missão também!

Faça a reflexão da Palavra de Mateus 26,17-35:

17.No primeiro dia dos Ázimos, os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram-lhe: Onde queres que preparemos a ceia pascal?

18.Respondeu-lhes Jesus: Ide à cidade, à casa de um tal, e dizei-lhe: O Mestre manda dizer-te: Meu tempo está próximo. É em tua casa que celebrarei a Páscoa com meus discípulos.

19.Os discípulos fizeram o que Jesus tinha ordenado e prepararam a Páscoa.

20.Ao declinar da tarde, pôs-se Jesus à mesa com os doze discípulos.

21.Durante a ceia, disse: Em verdade vos digo: um de vós me há de trair.

22.Com profunda aflição, cada um começou a perguntar: Sou eu, Senhor?

23.Respondeu ele: Aquele que pôs comigo a mão no prato, esse me trairá.

24.O Filho do Homem vai, como dele está escrito. Mas ai daquele homem por quem o Filho do Homem é traído! Seria melhor para esse homem que jamais tivesse nascido!

25.Judas, o traidor, tomou a palavra e perguntou: Mestre, serei eu? Sim, disse Jesus.

26.Durante a refeição, Jesus tomou o pão, benzeu-o, partiu-o e o deu aos discípulos, dizendo: Tomai e comei, isto é meu corpo.

27.Tomou depois o cálice, rendeu graças e deu-lho, dizendo: Bebei dele todos,

28.porque isto é meu sangue, o sangue da Nova Aliança, derramado por muitos homens em remissão dos pecados.

29.Digo-vos: doravante não beberei mais desse fruto da vinha até o dia em que o beberei de novo convosco no Reino de meu Pai.

30.Depois do canto dos Salmos, dirigiram-se eles para o monte das Oliveiras.

31.Disse-lhes então Jesus: Esta noite serei para todos vós uma ocasião de queda; porque está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho serão dispersadas (Zc 13,7).

32.Mas, depois da minha Ressurreição, eu vos precederei na Galiléia.

33.Pedro interveio: Mesmo que sejas para todos uma ocasião de queda, para mim jamais o serás.

34.Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo: nesta noite mesma, antes que o galo cante, três vezes me negarás.

35.Respondeu-lhe Pedro: Mesmo que seja necessário morrer contigo, jamais te negarei! E todos os outros discípulos diziam-lhe o mesmo.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo