Espiritualidade A Bíblia no meu Dia a Dia

A Bíblia no meu dia a dia - Mateus 20,20-34 - 13/02/2017

Faça o estudo da Palavra de Mateus 20,20-34

Segunda-feira, 13 de fevereiro, foi refletida no programa ‘A Bíblia no meu dia a dia’ a Palavra de Mateus 20,20-34 por Nelsinho Corrêa.

Confira o vídeo abaixo:

Adquira o programa!
Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Acesse cancaonova.com/play!

Ajuda a Canção Nova na missão de evangelizar e transmitir a Boa Nova aos lares de pessoas do mundo inteiro! Seja um sócio evangelizador e ingresse nessa missão também!

Faça a reflexão da Palavra de Mateus 20,20-34:

20.Nisso aproximou-se a mãe dos filhos de Zebedeu com seus filhos e prostrou-se diante de Jesus para lhe fazer uma súplica.

21.Perguntou-lhe ele: Que queres? Ela respondeu: Ordena que estes meus dois filhos se sentem no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda.

22.Jesus disse: Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu devo beber? Sim, disseram-lhe.

23.De fato, bebereis meu cálice. Quanto, porém, ao sentar-vos à minha direita ou à minha esquerda, isto não depende de mim vo-lo conceder. Esses lugares cabem àqueles aos quais meu Pai os reservou.

24.Os dez outros, que haviam ouvido tudo, indignaram-se contra os dois irmãos.

25.Jesus, porém, os chamou e lhes disse: Sabeis que os chefes das nações as subjugam, e que os grandes as governam com autoridade.

26.Não seja assim entre vós. Todo aquele que quiser tornar-se grande entre vós, se faça vosso servo.

27.E o que quiser tornar-se entre vós o primeiro, se faça vosso escravo.

28.Assim como o Filho do Homem veio, não para ser servido, mas para servir e dar sua vida em resgate por uma multidão.

29.Ao sair de Jericó, uma grande multidão o seguiu.

30.Dois cegos, sentados à beira do caminho, ouvindo dizer que Jesus passava, começaram a gritar: Senhor, filho de Davi, tem piedade de nós!

31.A multidão, porém, os repreendia para que se calassem. Mas eles gritavam ainda mais forte: Senhor, filho de Davi, tem piedade de nós!

32.Jesus parou, chamou-os e perguntou-lhes: Que quereis que eu vos faça?

33.Senhor, que nossos olhos se abram!

34.Jesus, cheio de compaixão, tocou-lhes os olhos. Instantaneamente recobraram a vista e puseram-se a segui-lo.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo