Espiritualidade A Bíblia no meu Dia a Dia

A Bíblia no meu dia a dia - Mateus 13,24-52 - 25/01/2017

Faça o estudo da Palavra de Mateus 13,24-52

Quarta-feira, 25 de janeiro, foi refletida no programa ‘A Bíblia no meu dia a dia’ a Palavra de Mateus 13,24-52, por Nelsinho Corrêa.

Confira o vídeo abaixo:

Adquira o programa!
Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Acesse cancaonova.com/play!

Ajuda a Canção Nova na missão de evangelizar e transmitir a Boa Nova aos lares de pessoas do mundo inteiro! Seja um sócio evangelizador e ingresse nessa missão também!

Faça a reflexão da Palavra de Mateus 13,24-52:

24.Jesus propôs-lhes outra parábola: O Reino dos céus é semelhante a um homem que tinha semeado boa semente em seu campo.

25.Na hora, porém, em que os homens repousavam, veio o seu inimigo, semeou joio no meio do trigo e partiu.

26.O trigo cresceu e deu fruto, mas apareceu também o joio.

27.Os servidores do pai de família vieram e disseram-lhe: – Senhor, não semeaste bom trigo em teu campo? Donde vem, pois, o joio?

28.Disse-lhes ele: – Foi um inimigo que fez isto! Replicaram-lhe: – Queres que vamos e o arranquemos?

29.– Não, disse ele; arrancando o joio, arriscais a tirar também o trigo.

30.Deixai-os crescer juntos até a colheita. No tempo da colheita, direi aos ceifadores: arrancai primeiro o joio e atai-o em feixes para o queimar. Recolhei depois o trigo no meu celeiro.

31.Em seguida, propôs-lhes outra parábola: O Reino dos céus é comparado a um grão de mostarda que um homem toma e semeia em seu campo.

32.É esta a menor de todas as sementes, mas, quando cresce, torna-se um arbusto maior que todas as hortaliças, de sorte que os pássaros vêm aninhar-se em seus ramos.

33.Disse-lhes, por fim, esta outra parábola. O Reino dos céus é comparado ao fermento que uma mulher toma e mistura em três medidas de farinha e que faz fermentar toda a massa.

34.Tudo isto disse Jesus à multidão em forma de parábola. De outro modo não lhe falava,

35.para que se cumprisse a profecia: Abrirei a boca para ensinar em parábolas; revelarei coisas ocultas desde a criação (Sl 77,2).

36.Então despediu a multidão. Em seguida, entrou de novo na casa e seus discípulos agruparam-se ao redor dele para perguntar-lhe: Explica-nos a parábola do joio no campo.

37.Jesus respondeu: O que semeia a boa semente é o Filho do Homem.

38.O campo é o mundo. A boa semente são os filhos do Reino. O joio são os filhos do Maligno.

39.O inimigo, que o semeia, é o demônio. A colheita é o fim do mundo. Os ceifadores são os anjos.

40.E assim como se recolhe o joio para jogá-lo no fogo, assim será no fim do mundo.

41.O Filho do Homem enviará seus anjos, que retirarão de seu Reino todos os escândalos e todos os que fazem o mal

42.e os lançarão na fornalha ardente, onde haverá choro e ranger de dentes.

43.Então, no Reino de seu Pai, os justos resplandecerão como o sol. Aquele que tem ouvidos, ouça.

44.O Reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo.

45.O Reino dos céus é ainda semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas.

46.Encontrando uma de grande valor, vai, vende tudo o que possui e a compra.

47.O Reino dos céus é semelhante ainda a uma rede que, jogada ao mar, recolhe peixes de toda espécie.

48.Quando está repleta, os pescadores puxam-na para a praia, sentam-se e separam nos cestos o que é bom e jogam fora o que não presta.

49.Assim será no fim do mundo: os anjos virão separar os maus do meio dos justos

50.e os arrojarão na fornalha, onde haverá choro e ranger de dentes.

51.Compreendestes tudo isto? Sim, Senhor, responderam eles.

52.Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo