Espiritualidade A Bíblia no meu Dia a Dia

A Bíblia no meu dia a dia - Romanos 8,18-39 - 26/06/2017

Faça o estudo da Palavra de Romanos 8,18-39

Segunda-feira, 26, foi refletida no programa ‘A Bíblia no meu dia a dia’ a Palavra de Romanos 8,18-39 por Rodrigo Luiz.

Confira o vídeo abaixo:

Adquira o programa!

Você pode ter acesso ao conteúdo completo da TV Canção Nova. Acesse cancaonova.com/play!

Ajuda a Canção Nova na missão de evangelizar e transmitir a Boa Nova aos lares de pessoas do mundo inteiro! Seja um sócio evangelizador e ingresse nessa missão também!

Faça a reflexão da Palavra de Romanos 8,18-39:

18.Tenho para mim que os sofrimentos da presente vida não têm proporção alguma com a glória futura que nos deve ser manifestada.

19.Por isso, a criação aguarda ansiosamente a manifestação dos filhos de Deus.

20.Pois a criação foi sujeita à vaidade (não voluntariamente, mas por vontade daquele que a sujeitou),

21.todavia com a esperança de ser também ela libertada do cativeiro da corrupção, para participar da gloriosa liberdade dos filhos de Deus.

22.Pois sabemos que toda a criação geme e sofre como que dores de parto até o presente dia.

23.Não só ela, mas também nós, que temos as primícias do Espírito, gememos em nós mesmos, aguardando a adoção, a redenção do nosso corpo.

24.Porque pela esperança é que fomos salvos. Ora, ver o objeto da esperança já não é esperança; porque o que alguém vê, como é que ainda o espera?

25.Nós que esperamos o que não vemos, é em paciência que o aguardamos.

26.Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos o que devemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis.

27.E aquele que perscruta os corações sabe o que deseja o Espírito, o qual intercede pelos santos, segundo Deus.

28.Aliás, sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são os eleitos, segundo os seus desígnios.

29.Os que ele distinguiu de antemão, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que este seja o primogênito entre uma multidão de irmãos.

30.E aos que predestinou, também os chamou; e aos que chamou, também os justificou; e aos que justificou, também os glorificou.

31.Que diremos depois disso? Se Deus é por nós, quem será contra nós?

32.Aquele que não poupou seu próprio Filho, mas que por todos nós o entregou, como não nos dará também com ele todas as coisas?

33.Quem poderia acusar os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.

34.Quem os condenará? Cristo Jesus, que morreu, ou melhor, que ressuscitou, que está à mão direita de Deus, é quem intercede por nós!

35.Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação? A angústia? A perseguição? A fome? A nudez? O perigo? A espada?

36.Realmente, está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia inteiro; somos tratados como gado destinado ao matadouro (Sl 43,23).

37.Mas, em todas essas coisas, somos mais que vencedores pela virtude daquele que nos amou.

38.Pois estou persuadido de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem o presente, nem o futuro, nem as potestades,

39.nem as alturas, nem os abismos, nem outra qualquer criatura nos poderá apartar do amor que Deus nos testemunha em Cristo Jesus, nosso Senhor.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

comentários

↑ topo